MENU

Luis Fabiano treina no Morumbi e está pronto para a reestreia

Luis Fabiano treina no Morumbi e está pronto para a reestreia

Atualizado: Sexta-feira, 30 Setembro de 2011 as 12:45

O atacante Luis Fabiano finalmente pode matar a saudade do Morumbi. Para ajudar o atacante a se ambientar ao palco da partida do próximo domingo, contra o Flamengo, às 16h, pela oitava rodada do returno do Campeonato Brasileiro, o técnico Adilson Batista comandou um treino tático no estádio na manhã desta sexta.

Sem dar pistas do time que será utilizado, o treinador são-paulino dividiu o elenco em duas partes e fez um trabalho de posse de bola, onde cada jogador podia dar apenas três toques na bola. Se por acaso alguém não seguisse essa determinação, a equipe perdia a posse de bola.

Sozinho e sentado sobre a bola, Luis Fabiano mata as saudades do Morumbi (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM)

  Na última parte, quando a maioria dos atletas já havia deixado o gramado, Luis Fabiano fez um trabalho de finalizações. Primeiro, ele recebia um passe, tinha que driblar o auxiliar Milton Cruz e concluir a gol, que era defendido por Rogério Ceni. Na sequência, o auxiliar Ivair fez cruzamentos para o camisa cabecear. Por fim, uma atividade em que a bola vinha rasteira e o atacante era obrigado a chutar de primeira. Ele finalizou com as duas pernas e mostrou que está pronto para a partida do final de semana.

Em relação aos titulares, Adilson Batista comandará um treino fechado na manhã deste sábado, no CT da Barra Funda. Como o lateral Piris está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, a tendência é que Wellington seja deslocado para o lado direito da defesa, com Denilson, Carlinhos Paraíba e Casemiro formando o trio de volantes. A entrada de Luis Fabiano no ataque, ao lado de Dagoberto, que trabalhou normalmente nesta sexta, promoverá o recuo de Lucas para o meio-campo, o que deixará o time mais ofensivo. Com essa formação, Cícero perde sua vaga na equipe.

O São Paulo deverá enfrentar o Flamengo com: Rogério Ceni; Wellington, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Denilson, Carlinhos Paraíba, Casemiro e Lucas; Dagoberto e Luis Fabiano.          

veja também