MENU

Luis Álvaro diz que vai esperar até domingo para procurar Muricy

Luis Álvaro diz que vai esperar até domingo para procurar Muricy

Atualizado: Segunda-feira, 14 Março de 2011 as 3:43

O presidente do Santos, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, diz que vai esperar “até domingo” para decidir se “vai ou não conversar com Muricy Ramalho”. Se confirmasse o interesse no treinador e abrisse negociação agora, às vésperas de um jogo importante (quarta-feira o Peixe joga contra o Colo Colo, em Santiago (CHI), pela Taça Libertadores), o dirigente entende que poderia acabar desestabilizando a equipe.

Luis Álvaro disse também que gostou de ver as declarações de Muricy, de que pretende passar alguns dias de férias antes de começar a negociar com outro clube. Muricy, que deixou o Fluminense no domingo, falou em 30 dias.

- Achei ótimo (o Muricy falar que precisa de um tempo). Temos um jogo importante no meio da semana e o elenco esta focado nisso. Cogitar qualquer coisa de treinador, mesmo que seja o Muricy, não seria o correto neste momento. Domingo tomaremos uma decisão: conversar com o Muricy ou não – disse Luis Álvaro.

- Se passarmos a conversar no próximo domingo, o Muricy já estaria descansando uma semana. Mais uma semana de negociação e já seriam 15 dias. Toda saída é traumática e estressante, especialmente de um treinador que tem um perfil vencedor como ele. Não deve ter sido fácil pra ele – emendou o presidente santista.

Luis Álvaro, assim, tenta transparecer que não está ansioso para fechar logo com Muricy. Apesar de deixar claro que Marcelo Martelotte é um interino, Luis Álvaro quer deixá-lo o mais seguro possível no cargo, principalmente porque o Santos ainda não venceu na Taça Libertadores – foram dois empates em dois jogos. Mesmo que venha a contratar um treinador de renome, como Muricy, o dirigente não vai dispensar Martelotte, que voltaria a ser auxiliar.

- Se não tivesse ninguém, a ansiedade seria maior, mas temos o Martelotte, que é de uma comissão fixa e tem essa função (de auxiliar-técnico). Se não tivesse o Martelotte, eu estaria roendo as unhas. Vindo ou não o Muricy, quero contar com o Martelotte até ao fim do meu mandato – disse Luis Álvaro.      

veja também