MENU

Luiz Felipe Scolari mexe na defesa e nas laterais

Para Scolari, somente os volantes são intocáveis

Atualizado: Quarta-feira, 25 Janeiro de 2012 as 9:03

Luiz Felipe Scolari mexe na defesa, nas laterais, no setor de criação e no ataque. Mas sua dupla de volantes é praticamente intocável.
Márcio Araújo e Marcos Assunção, que hoje completa cem jogos pelo Palmeiras, estarão em campo contra a Portuguesa, às 22h, no Pacaembu, repetindo a dupla que foi a espinha dorsal da equipe na temporada passada.
Em 2011, a dupla de volantes participou de 53 dos 69 jogos do time. Só não atuou mais vezes por causa de lesões, suspensões e pelos eventuais deslocamentos de Márcio Araújo para a lateral.
Do time que venceu o Bragantino na estreia, apenas o meia Valdivia, em sua segunda passagem, fez mais jogos que eles. Assunção tem 99 jogos e Araújo, 131 partidas.
"Foi uma dupla que deu certo. O Araújo é um cara que, só de um olhar para o outro, já sabemos o que fazer", declarou Assunção, ontem.
Aos 35, Assunção celebrou o renascimento de sua carreira no Palmeiras. Chegou desacreditado, e passou a ser a principal --muitas vezes a única-- arma ofensiva do time com sua bola parada.
Já Araújo desempenha um papel mais defensivo, de marcação. Em 2011, ninguém entrou em campo mais vezes pelo Palmeiras do que ele.
"Ele [Araújo] passa e eu fico. Ele fica e eu saio para o jogo. A gente muda de posição o tempo todo. É uma dupla que, nestes quase dois anos, jogou bem, deu conta. Quando não der mais conta, o Felipão vai ver o que pode fazer", concluiu Assunção.
Scolari já tentou, sim, fazer algumas alterações. Chico, mais alto, e João Vitor entraram algumas vezes ao longo do ano. Mas o técnico não esconde a preferência pela dupla que começou em 2010.
Tanto que nenhum volante foi contratado, e aparentemente, nenhum será. Scolari pediu e teve reforços na zaga, na lateral, no meio de campo e no ataque.
No jogo de hoje, pela segunda rodada do Paulista, duas dúvidas. No gol, Deola, suspenso na primeira rodada, pode novamente jogar. Mas a comissão técnica não deixou claro se Bruno voltará ao banco de reservas.
No ataque, Ricardo Bueno pode ser substituído por Maikon Leite. Bueno saiu criticado no jogo contra o Bragantino. Maikon Leite, por sua vez, entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória.
Entre os reforços, só Juninho, que deve jogar, e Daniel Carvalho foram relacionados.

veja também