MENU

Lusa ameaça melar ida de Fabrício para o Santos por falta de pagamento

Lusa ameaça melar ida de Fabrício para o Santos por falta de pagamento

Atualizado: Terça-feira, 8 Fevereiro de 2011 as 2:39

A transferência do lateral-esquerdo Fabrício da Portuguesa para o Santos, que parecia bem encaminhada, se transformou em uma novela. A diretoria da Lusa reclama que os investidores que iriam comprar 50% dos direitos sobre o atleta ainda não pagaram um tostão. Portanto, o jogador permanece treinando no Canindé.

O vice-presidente do clube rubro-verde, Luiz Iauca, demonstra irritação ao falar sobre essa negociação. Primeiro, ele diz que cansou de esperar o dinheiro e que Fabrício permanecerá no Canindé.

- Estamos esperando há 20, 30 dias e nada. Por isso, já descartamos. Ele não sai mais.

Em seguida, admite que poderá vender o jogador se o dinheiro chegar nas próximas horas. Iauca cobra uma resposta imediata.

- Se houver o depósito, ele sai. Eles compram 50% , os direitos continuam com a Portuguesa e nós o emprestamos ao Santos. Agora, precisa ver se eles vão pagar. De graça nós não damos - explicou.

O empresário de Fabrício, Fabio Buratta, tem conversado com os investidores, cobrando uma posição. Nesta terça-feira, ele se reunirá com os dirigentes da Portuguesa para buscar uma solução para o caso.

- De fato, havia um prazo para o pagamento que não foi cumprido pelos investidores. Agora, vou conversar com o pessoal da Portuguesa para tentarmos resolver. Vou ver se há a possibilidade de uma ampliação do prazo ou se há outra alternativa - explicou o agente, acrescentando que o pagamento deveria ter sido feito até a última sexta-feira.

Existe a possibilidade de os dois clubes entrarem na Justiça contra o grupo de empresários, que assinaram um compromisso de compra do atleta.    

veja também