MENU

Lusa goleia o Goiás, assume a ponta da Série B e gera crise no Goiás

Lusa goleia o Goiás, assume a ponta da Série B e gera crise no Goiás

Atualizado: Domingo, 26 Junho de 2011 as 8:16

                                      De virada, a Portuguesa goleou por 4 a 1 o Goiás no Serra Dourada, com show de Edno, e assumiu a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro. A Lusa chegou a 14 pontos, mesmo número de Ponte Preta, Paraná e Americana, mas leva vantagem no saldo de gols: tem 12, contra 10 da Macaca, seis do time paranaense e três do Tigre.

Já o Goiás permanece em situação delicada, com apenas seis pontos em sete rodadas. E entrou na zona do rebaixamento, em 17º lugar, após a vitória do ASA sobre o Vila Nova, na noite deste sábado. O técnico Arthur Neto pode perder o emprego a qualquer momento, e Hélio dos Anjos aparece como principal candidato a assumir seu lugar.     A partida começou melhor para o Goiás. Em um primeiro tempo com poucas chances de gol, Zé Antônio aproveitou para colocar o esmeraldino em vantagem. Ele fez boa jogada pelo meio, encontrou Oziel livre pela direita e recebeu cruzamento preciso do lateral, para abrir o placar.

    Henrique, da Lusa, levou a melhor no duelo com Andrezinho, do Goiás (Foto: André Costa / Agência Estado)

    Na segunda etapa, porém, o panorama do jogo mudou completamente. Enquanto a equipe da casa voltou recuada, a Lusa partia para cima. E logo aos quatro minutos, Guilherme acertou um belo chute de fora da área, sem chances para Harlei, e empatou a partida.

O gol desestruturou o Goiás, que passou a não criar mais jogadas no ataque. Para piorar, deixava espaços atrás. Em uma bobeada do sistema defensivo, Edno recebeu livre dentro da área, driblou Harlei e só rolou para Henrique virar o jogo. A partir daí, a torcida do Goiás perdeu a paciência e começou a vaiar o time. Em um contra-ataque, Edno recebeu livre pelo lado direito, limpou o marcador e soltou a bomba de esquerda.

Depois do terceiro gol da Portuguesa, o jogo chegou a ser paralisado. Alguns torcedores atiraram garrafas em campo e, na arquibancada, também foi possível ver outros queimando a camisa do Goiás.

No fim, ainda deu tempo de Edno fazer mais um. Ele recebeu belo passe de Luis Ricardo, hoje improvisado na lateral, e marcou o quarto da Portuguesa.     Após o jogo, a torcida esmeraldina, revoltada com a fraca campanha da equipe, chegou a entrar em atrito com a Polícia Militar. Os torcedores exigem mudanças na diretoria e na comissão técnica.

Alheia à crise do Goiás, a Portuguesa comemora a boa fase. Em sete rodadas foram 20 gols, média de quase três por jogo.

O próximo jogo da Portuguesa é contra o São Caetano, terça-feira, no Canindé. Também na terça, o Goiás recebe o Boa Esporte, no Serra Dourada.          

veja também