MENU

Lusa massacra Ponte em Campinas e dispara na liderança da Série B

Lusa massacra Ponte em Campinas e dispara na liderança da Série B

Atualizado: Domingo, 31 Julho de 2011 as 7:30

Com dois gols de zagueiros e um do reserva Raí, a líder Portuguesa venceu a vice-líder Ponte Preta por 3 a 0, em Campinas, e disparou na ponta da Série B do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Jorginho foi a 30 pontos, abrindo quatro de vantagem sobre a Macaca. É a "Barcelusa" caminhando firme de volta à elite do futebol nacional, com 33 gols em 14 jogos.

Foi a segunda derrota consecutiva da Ponte no Moisés Lucarelli - já havia perdido para o Bragantino. O time de Gilson Kleina agora passará uma boa temporada longe de seu estádio, já que foi punido com a perda do mando de campo de dez partidas após os incidentes ocorridos no dérbi contra o Guarani, no último dia 16. A diretoria da Ponte negocia com a Ferroviária para mandar seus jogos no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara.

Já a Lusa confirmou seu bom retrospecto como visitante: em sete jogos, foram quatro vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Não à toa, o time de Jorginho lidera a Série B com folga.

A Ponte até começou bem e teve chance para abrir o placar com uma cabeçada de Renatinho na trave, no primeiro tempo. Mas a Lusa sobrou em campo na etapa final e chegou a dois gols em jogadas de bola parada, e mais outro de contra-ataque, no final, para coroar a vitória.

Aos seis minutos, em cobrança de falta, Marco Antônio alçou na área, o goleiro Júlio César saiu mal e viu o zagueiro Leandro Silva se antecipar e desviar de cabeça para o gol. O jogador da Lusa comemorou bastante - ele só jogou porque o titular Rogério, machucado, não tinha condições de jogo.

A Lusa ampliou aos 27, em escanteio cobrado por Marco Antônio. Edno desviou de cabeça, Leandro Silva ajeitou e Mateus chegou batendo com força - a zaga da Ponte só assistiu.

Bem armada taticamente, a Lusa anulava todas as peças de ataque da Macaca. O domínio era total da equipe rubro-verde, que soube tocar a bola e chegar a um terceiro - e belo - gol para coroar o triunfo, aos 46: em contra-ataque organizado por Edno, Raí recebeu na esquerda, cortou pra dentro e bateu colocado, sem chance para o goleiro Júlio César.

O próximo jogo da Portuguesa é contra o Criciúma, terça-feira (21h), no Canindé. Já a Ponte joga apenas no sábado, contra o Americana, no Décio Vitta.

fonte: Globo Esporte

veja também