MENU

Maicosuel volta ao Engenhão: lugar de dor e esperança

Maicosuel volta ao Engenhão: lugar de dor e esperança

Atualizado: Sábado, 28 Maio de 2011 as 8:15

Quando entrar em campo para enfrentar o Santos, neste sábado, Maicosuel olhará a grande área do seu lado esquerdo e verá marcas. Não exatamente as deixadas no gramado pelo palco que abrigou os shows de Paul McCartney, mas por ter sido ali o epicentro do maior abalo de sua carreira. No dia 22 de setembro de 2010, ele saiu daquele local para a mesa de cirurgia por causa de uma grave lesão no joelho esquerdo que poderia tê-lo aposentado precocemente. Oito meses depois, o camisa 7 retorna ao estádio com algumas cicatrizes a mais. No entanto, marcado por um novo espírito.

- Depois da lesão, sou um cara muito mais guerreiro. Hoje tenho maior superação, mais força mental e física. Só não sei qual será minha sensação ao entrar aqui para o jogo contra o Santos. Somente na hora vou saber - disse ele, que, durante a preparação para a volta, ganhou seis quilos de massa muscular.

Maicosuel voltou aos gramados integrando o time do Botafogo que disputou dois amistosos antes do início do Brasileirão, em Nova Friburgo (RJ) e Juiz de Fora (MG). Depois de retornar à equipe titular no jogo contra o Palmeiras, na primeira rodada, ele se prepara para finalmente reencontrar a torcida alvinegra em sua casa.

  Antes do jogo oficial, Maicosuel retornou ao exato local do campo onde rompeu os ligamentos do joelho. Será no mesmo gramado onde experimentou a dor que ele sonha viver os melhores momentos de sua carreira.

- Minha cabeça está tranquila. Um pouquinho ansioso para voltar a ver a torcida do Botafogo no Engenhão, que é a minha casa.

Tem que ser. Foi ali que tive meus bons e piores momentos. Tomara que eu possa voltar e, no mesmo lugar do lance, fazer o gol e não sair machucado. Volto sem medo, sem receio algum e espero fazer um grande jogo no estádio onde me machuquei - afirmou.

veja também