MENU

Mais de dois meses depois, Inter pode voltar à zona da Libertadores

Mais de dois meses depois, Inter pode voltar à zona da Libertadores

Atualizado: Terça-feira, 13 Setembro de 2011 as 11:19

Nova vitória pode colocar Inter entre os classificados

(Foto: Jefferson Bernardes / VIPCOMM)

  O Inter bate à porta da zona de classificação da Libertadores e pode entrar nela no próximo fim de semana. No domingo, ao receber o Coritiba no Beira-Rio, o time colorado terá a chance de repetir algo que só alcançou uma vez até agora em toda sua trajetória no Brasileirão-2011. Para isso, depende de uma vitória e de dois resultados paralelos.

Foi na oitava rodada, em 6 de julho, há mais de dois meses, que o Inter viveu seu único ingresso no grupo de classificados. Naquele dia, o time vermelho bateu o Atlético-PR por 1 a 0 no Beira-Rio. Foi a terceira vitória seguida da equipe, na época comandada por Falcão, o que garantiu o salto na tabela. A ideia é repetir a trinca agora. O Inter irá a campo embalado pelos triunfos sobre América-MG e Palmeiras.

Mas a ascensão não depende só da turma de Dorival Júnior. O Inter, sétimo colocado, com 35 pontos, precisa que o Flamengo (sexto, com 36) no máximo empate o clássico com o Botafogo e também necessita que o Fluminense (quinto, com 37) perca para o Bahia.

Os jogos dos concorrentes serão às 16h. Ao ir a campo para o duelo com o Coxa, às 18h, o Inter já saberá se poderá entrar na zona de classificação. Seja como for, o momento é de confiança. A diretoria vê o time em processo de encaixe.

- Espero que o Internacional saia dessa irregularidade. O campeonato ainda está aberto. Estávamos todos mobilizados. Um resultado positivo contra o Palmeiras poderia encaixar a equipe. A equipe está encaixando. E encaixar no início do segundo turno pode ser um indicador de que a equipe chegará longe nesse campeonato – disse o presidente do clube, Giovanni Luigi.

Faz oito rodadas que o Inter oscila entre a sétima e a décima colocação. Os colorados lamentam muito os pontos perdidos em casa para Flamengo e Santos, em empates por 2 a 2 e 3 a 3, respectivamente. No primeiro, Guiñazu foi expulso antes do intervalo. No segundo, o time colorado abriu 3 a 0, dormiu em campo e cedeu a igualdade nos 15 minutos finais.

Os gaúchos também já começam a olhar com carinho para a liderança. A diferença para o Corinthians, atual ponteiro do Brasileirão, é de oito pontos. Pode cair para cinco, dependendo do que acontecer com o Timão no duelo com o Santos.            

veja também