MENU

Mais experiente, Jorge Santiago realiza sonho de voltar ao UFC

Mais experiente, Jorge Santiago realiza sonho de voltar ao UFC

Atualizado: Sexta-feira, 27 Maio de 2011 as 9:50

Quando entrar no Octógono neste sábado, em Las Vegas, para enfrentar Brian Stann no card principal do UFC 130, o brasileiro Jorge Santiago estará realizando um sonho. O carioca de 30 anos fará seu retorno ao principal evento de MMA (artes marciais mistas) após uma breve e decepcionante passagem em 2006. Desde então, Santiago lutou bastante - literalmente - para voltar à organização.

Santiago espera que a luta contra Stann lhe ponha no 'mapa' dos astros do UFC (Foto: Divulgação/UFC)

  Veterano do MMA, Santiago luta profissionalmente desde 2002. O carioca estreou no UFC em junho de 2006, quando nocauteou Justin Levens com uma joelhada. Todavia, nos dois combates seguintes, o brasileiro decepcionou, sendo nocauteado por Chris Leben e Alan Belcher. Resultado: foi demitido pela organização.

O lutador reagiu com força. Em 12 lutas desde então, Santiago venceu 11, a maioria contra adversários com passagens pelo UFC ou Pride. Em duas ocasiões diferentes, precisou fazer duas lutas na mesma noite - no Grand Prix dos Pesos Médios do Strikeforce, em 2007, e no Grand Prix dos Pesos Médios do Sengoku, em 2008 - e saiu campeão em ambos os torneios. Sua única derrota, contra Mamed Khalidov, foi vingada poucos meses depois, com uma vitória por decisão unânime.

Após derrotar Kazuo Misaki, outro veterano do Pride, pelo título dos meio-pesados do Sengoku em agosto do ano passado - combate que foi incluído em várias listas de "Luta do Ano" - Santiago rescindiu seu contrato com o evento japonês para retornar ao UFC.

- Sempre tive em mente voltar um dia ao UFC. Saí para juntar mais experiência, treinando em outros lugares e lutando com outros caras em outras organizações para garantir que eu alcançasse o nível em que pudesse voltar e me provar novamente. Estou renascido como lutador agora e posso atingir todo meu potencial - disse Santiago ao site oficial do UFC.

O confronto com Brian Stann, ídolo nos Estados Unidos e invicto em duas lutas na categoria médio, é encarado pelo brasileiro como uma chance de ouro de se colocar entre os astros do UFC.

- Toda vez que Brian Stann luta, ele mostra a todos o seu desenvolvimento, e ele está sempre melhorando mais. Por outro lado, sinto que sou mais experiente que ele, mas estou honrado em enfrentá-lo. Ele é um herói americano, um fuzileiro naval, e eu amo a América tanto quanto ele. Vim para cá em 2002 e tenho uma ótima vida. Quero me provar lutando contra um dos melhores lutadores e os fãs o consideram uma nova estrela, então não poderia pedir por uma oportunidade melhor.

Os canais Combate e Combate HD transmitem o UFC 130 ao vivo neste sábado, a partir das 22h (horário de Brasília).          

veja também