MENU

Mais paciente, Henrique desencanta: 'Devagar, vou conquistando espaço'

Mais paciente, Henrique desencanta: 'Devagar, vou conquistando espaço'

Atualizado: Segunda-feira, 26 Setembro de 2011 as 10:59

Preterido por Adilson Batista mesmo diante da ausência de Dagoberto, Henrique não perdeu a calma. Do banco de reservas, o melhor jogador do último Mundial Sub-20 observou o São Paulo ser superado pelo Botafogo nos 45 minutos iniciais, mas acabou sendo decisivo na etapa final. Substituto de Marlos, o atacante marcou o primeiro gol são-paulino (veja no vídeo ao lado) e ajudou na pressão pelo gol de empate, marcado por Rivaldo no fim, atuando como referência no ataque. A boa atuação renovou a motivação do jovem, que prometeu esperar o tempo que for para conquistar seu espaço no Morumbi.   Após quase deixar o Tricolor no retorno da campanha vitoriosa pela Seleção na Colômbia, Henrique evidenciou na época sua impaciência para, enfim, dar certo no clube onde cresceu. O panorama atual, porém, é bem diferente e o próprio jogador admitiu que não teve uma postura adequada em determinados momentos.

- Todo jogador quer jogar a todo custo. É um mal. Devagar, estou conquistando meu espaço e a confiança do treinador. Aqui no São Paulo, a briga é muito grande em todas as posições. É só ver que muitas vezes quem sai do banco entra e decide. Estou feliz e vou buscar meu espaço independentemente do tempo que demorar.

Reserva mesmo sendo o único centroavante à disposição diante do Botafogo, Henrique terá a partir desta semana um concorrente de peso: Luis Fabiano. O jovem, no entanto, sabe que a disputa pela camisa de titular é desigual e demonstrou conformismo com a situação de intocável do camisa 9 do Brasil na última Copa.

- O Luis Fabiano veio para jogar. É um excelente jogador e vai nos ajudar bastante.

Henrique, do São Paulo (Foto: Luiz Pires/VIPCOMM) Convocação a caminho

Logo após marcar seu primeiro gol no Brasileirão, Henrique pode ter que dar um tempo na briga por espaço na equipe em breve. Nesta segunda-feira, Ney Franco convoca a equipe que defenderá o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de Gadalajara, no México.

Questionado se gostaria de ser chamado ou permanecer no São Paulo, o atacante evitou polêmica.

- Sempre é bom servir a Seleção, fico dividido, mas estou em um clube grande e buscando meu espaço. Se eu for convocado, deixo para a diretoria e o professor Adilson resolverem.

A convocação ocorre na tarde desta segunda-feira, através do site oficial da CBF. O Brasil disputará a competição somente com jogadores sub-20.      

veja também