MENU

Mais um desafio para R10 e Cia.: vencer a primeira na Sul-Americana

Mais um desafio para R10 e Cia.: vencer a primeira na Sul-Americana

Atualizado: Terça-feira, 9 Agosto de 2011 as 10:29

O Campeonato Brasileiro e a consequente liderança, por ora, deverão ficar em segundo plano no Ninho do Urubu. Nesta quarta-feira, o Flamengo estreia na Copa Sul-Americana diante do Atlético-PR, no Engenhão, em busca de um título que vai garantir uma vaga para a Taça Libertadores da América de 2012. Esta será um ótima chance para R10 e Cia. quebrarem mais um tabu com a camisa rubro-negra: vencer pela primeira vez nesta competição.

E falando de tabu, é bom que não duvidem desse elenco. Só nesta temporada, os comandados de Vanderlei Luxemburgo realizaram alguns feitos e quebraram recordes. Exemplo disto está na invencibilidade de 15 jogos no Brasileirão - melhor campanha inicial do clube na história da competição. Outro grande feito foi chegar ao mês de agosto com apenas uma derrota no ano - o que não acontecia desde o longínquo ano de 1923 – e, para finalizar, a quebra da sequência de sete derrotas seguidas para o Cruzeiro.

Nas três vezes em que participou da Sul-Americana, o clube da Gávea realizou seis partidas empatando quatro vezes e perdendo duas.

A última aparição foi no ano de 2009 com dois Fla-Flus (veja os vídeos). Na primeira partida, com mando Rubro-Negro, um empate por 0 a 0, em que o time comandado por Andrade dominou as ações colocando duas bolas na trave, em menos de dez minutos de jogo. Na época, o técnico tricolor, Renato Gaúcho, optou por colocar em campo uma equipe de reservas, já o Flamengo vinha quase completo - apenas Ronaldo Angelim e o Imperador Adriano foram poupados.

No segundo jogo, ambos os times contavam com seus titulares. Adriano continuava fora. O Fla teve um baixa logo aos 25 minutos de partida, quando Emerson sentiu uma lesão na coxa. O confronto foi disputado, com o Flu saindo na frente através de Roni, de pênalti, já nos acréscimos do primeiro tempo. Na segunda etapa, o Fla igualou com Denis Marques. Devido ao gol marcado “fora de casa”, o time das Laranjeiras avançou.

Relembre as outras campanhas rubro-negras

A primeira vez que o Flamengo disputou a Copa Sul-Americana foi em 2003. O sistema era um pouco diferente do atual. Os times nacionais eram divididos em grupos dentro dos respectivos países. O Fla estava no Grupo 1 ao lado de Internacional e Santos. A estreia foi contra o Inter, em Porto Alegre. Zé Carlos, o Zé do gol, abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo, mas com três gols de Jefferson Feijão, na segunda etapa, o time de Muricy Ramalho acabou vencendo.

Na segunda partida, contra o Santos, o time comandado por Oswaldo de Oliveira precisava vencer por uma larga vantagem de gols para sonhar com a próxima fase. Entretanto foi justamente o inverso que aconteceu. Com dois gols do atacante William, atualmente no Avaí, e um de Léo, hoje no mesmo Peixe, os santistas fizeram 3 a 0 e eliminaram os Rubro-Negros.

Em 2004, o Flamengo teve pela frente novamente o Santos, do então técnico Vanderlei Luxemburgo. Desta vez, o confronto era direto em dois jogos. O primeiro ocorreu na Vila com o empate por 0 a 0. O segundo foi em Volta Redonda, em um emocionante 2 a 2. Para os rubro-negros, Ibson, hoje no Santos, marcou duas vezes, já para o Peixe, marcaram o atacante Basílio e Deivid, hoje na Gávea. O detalhe é que este gol de Deivid foi aos 46 minutos do segundo tempo.

Com dois resultados iguais e sem o critério de desempate de gols fora, a decisão foi para os pênaltis. O Fla começou na vantagem quando Júlio César defendeu a cobrança do próprio Deivid. Entretanto, Mauro, goleiro santista, pegou os pênaltis de Dill e André Bahia eliminando, mais uma vez, o rival.

Campanhas do Fla na Sul-Americana

2003

Internacional 3 x 1 Flamengo - 27/08/2003

Flamengo 0 x 3 Santos - 03/09/2003

2004

Santos 0 x 0 Flamengo - 15/09/2004

Flamengo 2 x 2 Santos - 22/09/2004

2009

Fluminnse 0 x 0 Flamengo - 12/08/2009

Flamengo 1 x 1 Fluminense - 26/08/2009          

veja também