MENU

Maldonado ensina a superar o Galo: 'Temos de jogar no desespero deles'

Maldonado ensina a superar o Galo: 'Temos de jogar no desespero deles'

Atualizado: Quarta-feira, 10 Novembro de 2010 as 1:56

Maldonado tem boas e más recordações da última vez em que encarou o Atlético-MG. Foi na 34ª rodada do Brasileirão 2009, no dia 8 de novembro. Num Mineirão lotado, com quase 65 mil pessoas, o Flamengo superou o Galo por 3 a 1 e assumiu o terceiro lugar na tabela. O jogo fez parte da arrancada que resultou no título nacional. Os gols do Fla foram marcados por Petkovic, Maldonado e Adriano, primeiro gol do chileno com a camisa rubro-negra. Ricardinho descontou (assista ao vídeo ao lado).

Aquela partida também ficaria marcada como o última do camisa 13 pelo Flamengo na temporada. Poucos dias depois, em 17 de novembro, o volante sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo, durante a vitória do Chile por 2 a 1 sobre a Eslováquia, em amistoso realizado em Zilina.

Foram longos quatro meses para se recuperar após cirurgia no local e voltar aos gramados. Depois do problema físico, precisou fortalecer o músculo da perna, perdeu a Copa do Mundo e a vaga de titular no Rubro-Negro. Mudança drástica para quem era absoluto no ano passado e tinha passagem quase garantida para a África do Sul.

Maldonado não enfrentou o Galo no primeiro turno, no empate sem gols, no Maracanã. Assim como na temporada passada, o duelo será decisivo. A diferença é que as duas equipes agora brigam contra o rebaixamento. Ano passado, queriam título e Libertadores.

- Naquele jogo fiz um gol e depois me machuquei na seleção. Temos de estudar bem o adversário. O Atlético é um time perigoso. Temos de ter equilíbrio, saber jogar no desespero deles. Espero que dê tudo certo no sábado – comentou.

Atlético-MG e Flamengo vão jogar na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, às 19h30m (de Brasília). Os mineiros estão em 16º na tabela, com 36 pontos. Ficam fora do Z-4 pelos critérios de desempate. O Fla não está muito distante, em 13º, com 40.

- Sempre temos aquelas conversas na concentração sobre a situação do nosso time. Por enquanto nossa situação é tranquila, mas não está 100%. Temos de ganhar pontos para não dependermos de ninguém – frisou.

Apesar de dizer que o Flamengo terá de tentar aproveitar o momento difícil do Atlético, Maldonado pede atenção. Dos últimos quatro adversários da equipe no Nacional (Atlético-MG, Guarani, Cruzeiro e Santos), três ainda precisam de pontos. A exceção é o Peixe, que já tem vaga garantida na Libertadores do ano que vem.

- Apesar da posição, todos estão brigando por alguma coisa. Alguns pelo título, outros para não cair. Serão quatro jogos complicados, mas só depende de nós – afirmou.

Por: Riachard Souza

veja também