MENU

Malhação, adrenalina em alta e duras críticas: um dia de treino com Cielo

Malhação, adrenalina em alta e duras críticas: um dia de treino com Cielo

Atualizado: Quarta-feira, 15 Junho de 2011 as 10:01

O público brasileiro está acostumado a ver César Cielo bufando ao sair das piscinas, quase sempre vibrando e emocionado com uma vitória. O que poucos têm acesso é ao dia completo de atividades do principal nadador do país e suas motivações, críticas - às vezes duras - ao próprio desempenho e algumas intimidades. Tudo isso a reportagem do SporTV News obteve, em Londres, onde a delegação está desde segunda-feira, conhecendo o quartel-general do esporte nas Olimpíadas de 2012 e se preparando para as próximas competições. Sem muita malhação não dá para suportar o ritmo de treinos. Por isso, Cielo dá duro. E, na hora de observar seus erros nas provas de velocidade, ele não economiza as energias e reclama.     - Esse pezinho mais baixo que eu não estou querendo fazer mais (...). Meu submerso tá uma b....! Tá um lixo! - reprova o ídolo a cada centésimo perdido.

Para Cielo, morando no Brasil há um ano, estar isolado num local que inspira competitividade tem tudo para fazer diferença a favor. Ele mesmo admite que costuma ter dificuldade para se concentrar e mostrar seu melhor em certas ocasiões.     - Às vezes, me disperso um pouco, prestando atenção no ambiente ou demais nos adversários. O que sempre fiz bem foi saber o que posso fazer dentro da minha capacidade, e às vezes perco isso. Nas competições menores, fica até difícil de se concentrar. Parece que aqui (no complexo de natação em Londres) a coisa é mais séria, um nível mais alto de adrenalina de competição.

A união da equipe durante a semana é outro ponto positivo destacado pelo atleta.

- Passamos muito tempo sozinhos, olhando para azulejo, com a cabeça ouvindo só o barulho da água. Quando se tem a oportunidade de estar com os amigos, estar todo mundo junto, faz bem.

Ainda neste mês, haverá o Aberto de Paris e, em julho, acontecerá o Mundial de Xangai-CHI.          

veja também