MENU

Malu, superando obstáculos para vencer nas quadras e na vida

Malu, superando obstáculos para vencer nas quadras e na vida

Atualizado: Terça-feira, 26 Fevereiro de 2008 as 12

Malu, superando obstáculos para vencer nas quadras e na vida

Campeã mundial juvenil, com 1,97m, que fazem dela a jogadora de vôlei mais alta do Brasil, a meio-de-rede Maria de Lourdes Ribeiro Silva, a Malu, jogadora do Finasa, é um grande exemplo da importância do esporte como inclusão social. De origem humilde, ela teve de superar inúmeras dificuldades e se transformou num "espelho" para as meninas que sonham um dia se tornar atleta profissional.

A jogadora tem uma trajetória de vida difícil. Ela começou no esporte justamente numa peneira, realizada em 2001, no Praia Clube, na cidade mineira de Uberlândia, quando tinha 11 anos. "Hoje ainda me pergunto como fui encontrada em meio a tantas meninas. Tudo que tenho na vida se deve a oportunidade que recebi nessa peneira", reconhece a jogadora, agora com 18 anos.

Determinada a lutar pelo sonho de ser jogadora, Malu teve de persistir e vencer todas as adversidades advindas de uma vida socialmente humilde. Apoiada pelo padrasto Francisco e pela mãe Maria Aparecida, ela manteve as esperanças mesmo sem ter as condições básicas para treinar. "Foi tudo na base da superação. Faltava dinheiro para a condução e para meu almoço. Não tinha como comprar tênis", revelou a atleta. "Pensei em desistir várias vezes do esporte, mas me fizeram acreditar e fui até o fim".

Após tantas dificuldades, uma indicação feita ao técnico Luizomar de Moura, hoje no Finasa, começou a mudar a vida da jogadora. Num curto espaço de tempo, Malu foi chamada para a seleção brasileira de base e se tornou uma gigante dentro de quadra. Tanto que foi a jogadora mais alta no Mundial da Tailândia, em julho, e, acima de tudo, titular absoluta. "Luizomar também acreditou no meu potencial. Ele foi responsável por me ensinar muito coisa dentro e fora de quadra", comentou a mineira.

Malu, que defende os times adulto e juvenil do Finasa, está muito feliz com o momento que vive. Constrói uma casa para a família em Uberlândia num terreno que comprou. Ela ajuda financeiramente a irmã Mariana e a mãe não precisa trabalhar mais. Essas e muitas outras conquistas, segundo a atleta, recompensam todo o esforço na carreira. "As dificuldades quase me venceram, mas as superei. Ainda luto bastante porque acredito que posso chegar mais longe".

Luizomar mostra-se muito orgulhoso com a jogadora. "A Malu acreditou num sonho e hoje é um grande exemplo para meninas que almejam um dia defender o país ou um clube como o Finasa", disse. "Geneticamente ela é privilegiada pela estatura e, além disso, encanta todos os treinadores pela vontade e determinação que demonstra para viver e jogar".

veja também