MENU

Mancini pede apoio a Tevez, mas deve tirar braçadeira do argentino

Mancini pede apoio a Tevez, mas deve tirar braçadeira do argentino

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 11:50

O técnico Roberto Mancini pediu à torcida do Manchester City que não proteste contra Carlitos Tevez nesta segunda-feira, quando a equipe recebe o Everton na 18ª rodada do Campeonato Inglês. Apesar do apoio ao atacante após a polêmica sobre sua saída do clube, o treinador deverá tirar a braçadeira de capitão do argentino.

De acordo com a imprensa inglesa, Mancini planeja devolver a braçadeira a Kolo Toure, que foi o capitão da equipe na última temporada. Na última semana, Tevez entrou em conflito com a diretoria ao afirmar que pretende ser negociado em janeiro  - ou até mesmo pendurar as chuteiras - por saudades das filhas Florencia e Katie, que moram na Argentina.

- A torcida deve continuar a dar apoio a Tevez, como já deu outras vezes. É importante que o time esteja concentrado no Everton, assim como a torcida. Devemos esquecer essa situação - disse o técnico italiano.

Tevez e Mancini conversaram na última sexta e o treinador tentou convencer o argentino a mudar de ideia, mas o papo durou apenas 10 minutos e o atacante teria deixado claro que ainda planeja deixar o clube. Agora, o ex-corintiano deverá ter uma reunião com o presidente do City, Khaldoon Al Mubarak.

O árabe chegou a Manchester na noite de domingo e estará na partida com o Everton. Segundo o jornal "Daily Mail", Khaldoon tentará resolver pessoalmente o problema com Tevez.

veja também