MENU

Mano: Espanha joga como o Barça, mas tem dificuldade sem um Messi

Mano: Espanha joga como o Barça, mas tem dificuldade sem um Messi

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 12:23

Mano Menezes no seminário da Copa de 2014 (Foto: André Durão / GLOBOESPORTE.COM)

  O técnico Mano Menezes fez uma avaliação dos principais clubes e seleções que já chamaram ou chamam a atenção pelo futebol apresentado em uma determinada competição ou período. Em evento realizado pelos jornais "Globo" e "Extra", o comandante do Brasil citou a Holanda de 1974 e o Barcelona dirigido por Pep Guardiola. Na opinião do técnico, as peças das equipes é que fazem a diferença no momento de armar o esquema.

- Para jogar do jeito que a Holanda jogou em 74, só aquela Holanda. Para jogar como o Barcelona está jogando, só com aquele grupo do Barcelona. O Pedro é diferenciado? Não! Ele é um jogador de velocidade como podemos encontrar outros por aí. O Messi é diferenciado, sim. A Espanha, por exemplo, joga como o Barcelona, mas tem mais dificuldades porque a Espanha não tem o Messi - analisou o treinador canarinho.

Mano foi além e fez outras observações sobre a Espanha, atual campeã do mundo.

- Quando o Iniesta parar, você não vai ter outro daquele jeito. Vai demorar um tempo para encontrar. Quando a maneira de jogar que você quer não é mais eficiente, não surte efeito, você vai mudando o esquema - disse o treinador.

Sobre a Seleção Brasileira, Mano definiu o esquema do time canarinho para a Copa América. O time vai atuar no 4-3-1-2, com variações para o 4-3-3.

- A Seleção vai jogar com uma linha de quatro, com três jogadores em um triangulo no meio-campo e um outro triângulo na frente, mas nem sempre com os jogadores na mesma linha. O jogador de um dos lados ora vai ser atacante, ora vai ser meia-atacante. Às vezes você tem um armador e ele não consegue se sobressair e você vai precisar de mais um. Quando o time for bem com apenas um armador, esse outro atleta poderá ser um terceiro atacante, atuando mais pela beirada do campo - explicou Mano.

No dia 19, Mano vai divulgar a lista dos 23 jogadores que vão disputar os amistosos contra a Holanda, dia 4 de junho, no Serra Dourada, em Goiânia, e quatro dias depois, contra a Romênia, no Pacaembu, em São Paulo. A segunda partida, inclusive, marcará a despedida de Ronaldo Fenômeno com a camisa amarelinha.        

veja também