MENU

Mano Menezes revela 'não' de jogador que disputou a última Copa

Mano Menezes revela 'não' de jogador que disputou a última Copa

Atualizado: Terça-feira, 27 Julho de 2010 as 7:14

Mano Menezes teve dois dias para montar a primeira lista de convocados no comando da Seleção Brasileira. Pouco tempo, principalmente porque é preciso fazer uma renovação após a eliminação nas quartas-de-final da Copa do Mundo. O treinador chamou nesta segunda-feira 24 jogadores para o amistoso contra os Estados Unidos, no próximo dia 10 de agosto, em Nova Jérsei. Deles, 12 atuam no exterior e quatro estavam na África do Sul: Robinho, Ramires, Thiago Silva e Daniel Alves. Era para ter mais um remanescente do grupo de Dunga, mas o novo comandante da Seleção ouviu um "não". 

Mano Menezes se preocupou em entrar em contato por telefone e conversar com os jogadores que atuam no exterior e também com quem disputou a última Copa do Mundo. O treinador queria saber a condição de cada um por causa das férias pelo calendário europeu. E escutou de um jogador que esteve na África do Sul que não era o melhor momento para voltar à Seleção Brasileira. O novo comandante não revelou os motivos que levaram o atleta a pedir a dispensa do amistoso contra os Estados Unidos.

- Dizer que não está bem para ir para Seleção é uma postura respeitável. Vou guardar o nome e considerar muito as opiniões dele no futuro... - disse, descontraído, Mano Menezes.

O treinador preferiu não revelar qual foi o jogador que pediu para não estar na primeira lista. Ao ser questionado se o nome do atleta começava com a letra "k"...

- O nome não começa com o K (risos) - disse Mano Menezes, que em seguida completou a frase percebendo que ficou um ar de desconfiança já que o nome de Kaká, na verdade, é Ricardo.

- Posso omitir as coisas, mas não mentir (risos)... Mas não é o Kaká - completou.

Nós não estamos excluindo nenhum jogador que participou da Copa, apenas se entendeu que, para a maioria, deve-se dar um descanso." Mano Menezes Mano Menezes procurou deixar claro que não tem qualquer restrição com os jogadores que disputaram a última Copa do Mundo. Admitiu que a idade avançada de alguns como Gilberto (34), Gilberto Silva (33) e Lúcio (32) pode afastá-los da Seleção em um processo natural de renovação.

- Tive uma conversa com os jogadores que são remanescentes e jogaram a última Copa, pois sei que eles tiveram um desgaste maior. Ainda é um momento de recuperação. Quando você não ganha, você acaba sentindo muito, você se desgasta mais. Não é necessário utilizá-los neste primeiro momento. Nós não estamos excluindo nenhum jogador que participou da Copa, apenas se entendeu que, para a maioria, deve-se dar um descanso. Depois as coisas devem andar normalmente. Se acharmos - e provavelmente vamos - que alguns deles devem novamente fazer parte da Seleção, eles vão fazer - disse o treinador.

A seleção brasileira vai seguir para os Estados Unidos no dia 8 de agosto. No dia 9 faz o reconhecimento do gramado e no dia 10 enfrenta os americanos, em Nova Jérsei, na estreia do treinador. 

  Por Fred Huber e Thiago Lavinas Rio de Janeiro

veja também