MENU

Mano nega ter 'convocado' R.Gaúcho: 'Não falei de um atleta específico'

Mano nega ter 'convocado' R.Gaúcho: 'Não falei de um atleta específico'

Atualizado: Quarta-feira, 20 Outubro de 2010 as 7:20

O técnico Mano Menezes negou através do site oficial da CBF que tenha comentado sobre a possível convocação de Ronaldinho Gaúcho, do Milan, com a imprensa italiana. Segundo o treinador, a sua visita aos principais clubes da Europa serviu para analisar o desempenho dos atletas brasileiros, conhecer as instalações e conversar com os profissionais que dirigem Milan, Inter de Milão e Real Madrid. A próxima lista de convocados do comandante será para a partida contra a Argentina, no dia 17 de novembro, em Doha, no Qatar.

- Não falei sobre algum jogador específico. O motivo de minha viagem foi acompanhar as partidas, observar o trabalho dos jogadores brasileiros e mostrar a todos o que está sendo feito na Seleção Brasileira. Somente isso - afirmou Mano.

Além de observar o trabalho desenvolvido pelos jogadores, Mano também aproveitou para conversar com os jogadores que atuam nesses clubes e com os seus respectivos treinadores. Até o momento, apenas os atletas de Milan e Real Madrid tiveram contato com o treinador. No último domingo, o comandante visitou o centro de treinamento do time rossonero, em Milão, e na manhã desta terça-feira, o CT do clube merengue, em Madri.

No clube merengue, além de um papo com Kaká, que se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo, Mano conversou com o técnico José Mourinho e esclareceu alguns acontecimentos sobre o lateral-esquerdo Marcelo. Para o treinador, muita coisa foi falada quando o jogador pediu dispensa da semana de treinos da Seleção Brasileira, em Barcelona, no mês de setembro.

- Para não ficar restrito a versões, quis ouvir todas as partes, e o Mourinho confirmou o que aconteceu com o Marcelo, além de falar muito bem do jogador - disse.

Na quinta-feira, Mano vai ao CT do Inter de Milão e vai aproveitar para conversar com o lateral-direito Maicon, com o zagueiro Lúcio e com o goleiro Julio César. De acordo com o treinador, o contato vai ser importante para tirar qualquer dúvida dos atletas em relação à Seleção Brasileira.

- Com esses jogadores, a conversa se torna ainda mais importante, pois evita que cheguem a eles informações que não correspondem à verdade e interpretações equivocadas. A conversa visa a mostrar o que está sendo feito, passar para todos o início do trabalho e o acompanhamento direto do trabalho deles nos clubes - explicou o treinador da Seleção.

  Por GLOBOESPORTE.COM Madri

veja também