MENU

Mano quer Ronaldinho Gaúcho na Seleção Brasileira até a Copa de 2014

Mano quer Ronaldinho Gaúcho na Seleção Brasileira até a Copa de 2014

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 12:56

Após nove meses, Ronaldinho Gaúcho está de volta à Seleção Brasileira . Sob o comando de Mano Menezes, essa é a segunda vez que o apoiador do Flamengo é lembrado. Na primeira, derrota para a Argentina por 1 a 0, em Doha, no Qatar. A partir de agora, além do duelo contra Gana, no dia 5 de setembro, em Londres, a intenção é ter R10 inserido no projeto rumo à Copa de 2014.

 De acordo com o Mano Menezes, Ronaldinho não é uma solução paliativa por causa da pressão por bons resultados após fracasso na Copa América e derrotas para tradicionais rivais, como Argentina, França e Alemanha. O treinador afirmou na coletiva de imprensa logo após o anúncio da lista de convocados que pretende ter o apoiador como principal referência do processo da renovação visando a competição no Brasil.

- Dos jogadores remanescentes do título mundial, penso que o Ronaldinho é o jogador que reúne as maiores condições de estar na Copa do Mundo. Ele é um jogador inteiro. Você não tem notícia na trajetória do Ronaldinho de lesões graves. Ele não é um atleta de ficar fora dos jogos e vem comprovando isso no atual momento. Vejo ele de forma definitiva nesse processo da Seleção. Acredito que ele possa liderar os jogadores mais jovens, que possa agregar valores que precisamos – analisou o comandante canarinho.

Além disso, Mano ainda elogiou a qualidade na bola parada do apoiador do Flamengo. Segundo o treinador, essa é uma característica em que a Seleção Brasileira ainda está carente de boas opções.

- É um jogador de bola parada qualificada. No avanço do trabalho, percebemos que a Seleção necessita disso. Nos jogos, os cobradores têm variado muito. Vejo o Ronaldinho com potencial para ser esse jogadores. As intenções com ele são de algo mais definitivo. A questão dele ser titular sempre, não vou dizer. Existe um respeito com os outros jogadores e vai depender do lado individual de cada um. Chegou a hora de definir a maneira que a Seleção vai jogar, os jogadores que vamos colocar. E precisamos de referências mais estáveis – disse o treinador.

Ronaldinho ganha sua segunda chance com Mano Menezes na Seleção Brasileira (Foto: Getty Images)

  Tranquilo durante maior parte da coletiva, Mano só mudou de fisionomia quando foi questionado se o retorno de Ronaldinho estava ligado à necessidade de resultados positivos na Seleção Brasileira. O treinador se mostrou contrariado com a colocação durante a entrevista, que ocorreu no Hotel Sofitel, em Copacabana.

- Não estou preocupado com o resultado imediato a qualquer custo. Não estou preocupado com o meu emprego a qualquer custo. Tenho emprego para os próximos dez anos e ganhando relativamente bem. Fui contratado pela CBF para elaborar um trabalho até a Copa de 2014. Podemos ter mais risco ou menos risco. Seria leviano da minha parte pensar no Ronaldinho porque precisamos de um resultado. Estou pensando no Ronaldinho para um processo final de trabalho. Ele mostrou que é capaz de desempenhar um bom futebol, de liderar um grupo como tem feito no Flamengo – afirmou Mano.

Ronaldinho Gaúcho e mais nove atletas que atuam no Brasil vão perder duas rodadas do Campeonato Brasileiro. Os atletas só retornarão aos seus clubes no dia 6 de setembro, um dia após o duelo diante de Gana, em Londres.

- Estamos trabalhando na logística para minimizar dentro do que está ao nosso alcance o prejuízo que os clubes podem ter. Em alguns momentos não conseguimos conjugar algumas questões, mas para a rodada do dia 7, nós vamos conseguir todos os voos para que os jogadores possam participar dos jogos normalmente.

A apresentação dos jogadores da Seleção está prevista para os dias 30 e 31 de agosto. Segundo Mano Menezes, os jogadores vão treinar no dia 1º, 2, 3 e 4 de setembro antes do duelo diante dos africanos.

Confira abaixo a lista completa de Mano Menezes:

  GOLEIROS

Julio César (Inter de Milão)

Fabio (Cruzeiro)

Jefferson (Botafogo)

LATERAIS

Daniel Alves (Barcelona)

Danilo (Santos)

Marcelo (Real Madrid)

Adriano (Barcelona)

ZAGUEIROS

Lúcio (Inter de Milão)

Thiago Silva (Milan)

David Luiz (Chelsea)

Dedé (Vasco)

VOLANTES

Lucas Leiva (Liverpool)

Ralf (Corinthians)

Luiz Gustavo (Bayern de Munique)

Elias (Atlético de Madri)

MEIAS

Paulo Henrique Ganso (Santos)

Lucas (São Paulo)

Fernandinho (Shakhtar)

ATACANTES

Alexandre Pato (Milan)

Robinho (Milan)

Neymar (Santos)

Hulk (Porto)

Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)

Leandro Damião (Inter)          

veja também