MENU

Mão está na taça, mas bobeada pode deixá-la escapar, reforça Ernando

Mão está na taça, mas bobeada pode deixá-la escapar, reforça Ernando

Atualizado: Sexta-feira, 3 Dezembro de 2010 as 9:50

Depois de uma vitória importante por 2 a 0 sobre o Independiente-ARG, na última quarta-feira, no Serra Dourada, o Goiás pode até perder por um gol de diferença em Avellaneda, na próxima quarta, que fica com o título da Copa Sul-Americana. Preparado para enfrentar um caldeirão em terras argentinas, Ernando tenta colocar uma ordem na cabeça dos companheiros: o time não pode sofrer gols. Para o defensor, uma das mãos esmeraldinas está na taça, mas ainda é preciso passar pela prova de fogo na Argentina, pois qualquer bobeira pode tirar o caneco dos goianos.

- Foi muito importante fazer o dever de casa, não tomar gol. O Independiente tem jogadores que podem resolver, e precisamos seguir com o que costumamos fazer fora: ter atenção total na marcação. Se não sofrermos gols o título vem pra nossa mão. Vai ter torcida, pressão, mas temos que ter tranquilidade para conter a euforia deles. Temos uma das mãos na taça sim, pois já fizemos metade do trabalho, mas agora tem que jogar a outra metade pelo tão sonhado título. Não podemos bobear em momento algum - reforçou o zagueiro.

Além de buscar a realização pessoal com o possível título, Ernando acha que a conquista será fundamental para reerguer o Goiás, que acabou rebaixado para a Segunda Divisão do Brasileiro. Só a taça apagará a mancha deixada pela tragédia no nacional.

- Já lamentamos o que tínhamos que lamentar com a queda para a Série B. Agora é importante tentar apagar essa mancha, e tenho certeza que se o título vier o Goiás entrará 2011 motivado e fará um bom ano pra subir novamente para a Série A - completou.

Por: Carolina Elustondo

veja também