MENU

Máquinas iniciam demolição das arquibancadas do Beira-Rio

Máquinas iniciam demolição das arquibancadas do Beira-Rio

Atualizado: Terça-feira, 21 Dezembro de 2010 as 3:37

Qualquer torcedor colorado que ingressar no Estádio Beira-Rio vai sentir-se, provavelmente, vitimado por um choque visual. As máquinas e os trabalhadores responsáveis pelas obras de modernização da casa do Inter aceleram o ritmo na destruição do anel inferior.   O processo, destinado também à Copa do Mundo de 2014, tem quatro etapas. O estádio foi setorizado em partes iguais, e a modernização das sociais e das arquibancadas vai obedecer cada estágio. Dividido o Beira-Rio em quatro, haverá demolição e construção em separado, para os três setores restantes continuarem recebendo público.

As obras em cada quadrante devem durar seis meses. Com isso, o Beira-Rio terá a capacidade reduzida durante as duas próximas temporadas, caso seja mantida a intenção de não interditar o estádio. Ao final, haverá mudança na angulação das arquibancadas, que estarão também mais próximas do gramado.

Do lado de fora as máquinas também não cessam o trabalho. São afixadas as bases que sustentarão a nova cobertura do Estádio Beira-Rio.    

veja também