MENU

Maradona ataca Pelé na véspera da estreia argentina na Copa do Mundo

Maradona ataca Pelé na véspera da estreia argentina na Copa do Mundo

Atualizado: Sexta-feira, 11 Junho de 2010 as 8:32

A poucas horas do início da Copa do Mundo, Diego Maradona não poupou críticas a Pelé. O treinador da seleção argentina, que estreia no Mundial neste sábado, contra Nigéria, às 11h (de Brasília), no Ellis Park, em Joanesburgo, lembrou que o Rei do Futebol havia dito a ele que a África do Sul não teria condições de realizar a competição.

Segundo Dieguito, logo em sua primeira resposta em entrevista coletiva nesta manhã de sexta-feira, em Pretória, Pelé estava pessimista sobre as condições de segurança do continente, principalmente depois do atentado contra a delegação de Togo, antes da Copa das Nações Africanas, em Angola.

- Quando aconteceu o problema com Togo, um senhor moreno disse por aí que não haveria Copa do Mundo na África do Sul. Hoje estou aqui e posso dizer que amo a África. Aqui se pode viver tranquilidade com sua família – afirmou.

Dias depois do atentado em Angola, Maradona esteve na África do Sul para visitar o local de treinamento da Argentina, em Pretória. Como de costume, foi contrário à posição de Pelé e, em reunião com Danny Jordann, diretor geral do Comitê Organizador do Mundial, apoiou a realização do torneio no país.

- Estive aqui e disse para a África do Sul continuar fazendo seus estádios. Mas essa pesada opinião dizia que a África não dava garantias de fazer o Mundial. Isso não é mérito meu. É mérito de Jordaan e das pessoas que dirigiram o projeto. Isso me toca – acrescentou.  

veja também