MENU

Maradona, irônico: 'O que há, Schweinsteiger? Está nervoso?'

Maradona, irônico: 'O que há, Schweinsteiger? Está nervoso?'

Atualizado: Quinta-feira, 1 Julho de 2010 as 8:33

Maradona entre jogadores na brincadeira do

paredão em treino da Argentina (Foto: Reuters)  

O meia Schweinsteiger deu o pontapé inicial no jogo das provocações entre alemães e argentinos. E Maradona, certamente o mais polêmico de todos os envolvidos na partida deste sábado pelas quartas de final da Copa do Mundo, não poderia ficar calado. Ele até tentou, mas no fim de sua declaração sobre o assunto em entrevista à emissora de televisão "Fox Sports", não resistiu e rebateu com ironia o alemão. - Não temos tempo para pensar em Schweinsteiger. Os garotos pensam em entrar em campo, em ter a revanche de 2006. Assim, não me preocupa o que ele diga de pênaltis, das pancadas, de que não sabemos perder, não nos interessa. Cada partida se joga uma história diferente, e esta vai ser diferente, porque vamos atacar e jogar no campo deles. Por isso eles estão nervosos. O que há, Schweinsteiger? Está nervoso? - disse, de bom humor, olhando fixo para a câmera.

O técnico da Argentina ainda comentou estar feliz por poder contar com os 23 jogadores que convocou, sem problemas de lesão ou suspensão. E descartou a possibilidade de atuar com um 4-4-2, esquema utilizado contra o Uruguai, quando os argentinos conquistaram a vaga para a Copa da África do Sul, e no amistoso vencido por 1 a 0 contra a Alemanha, no dia 3 de março.

- Estas partidas taticamente foram perfeitas, mas neste momento tenho uma determinada necessidade. Esta é outra história e a verdade é que não podemos mudar. Seria um pecado mudar com estes jogadores que temos.

Com seu estilo paternal, Maradona ainda fez questão de drefender Demichelis e Di María das críticas que lhes têm sido dirigidas:

- Quem disse que Demichelis está mal? Quem disse isso foi Andrea Bocelli (tenor italiano que é cego). É um senhor central. E com Di María estou muito contente. Está cumprindo o que lhe peço e pode explodir a qualquer momento.     Por GLOBOESPORTE.COM Pretória, África do Sul

veja também