MENU

Maratona de São Paulo mantém o maior programa de inclusão de atletas com deficiência

Maratona de São Paulo mantém o maior programa de inclusão de atletas com deficiência

Atualizado: Terça-feira, 20 Maio de 2008 as 12

Maratona de São Paulo mantém o maior programa de inclusão de atletas com deficiência

Prova está aberta para oito categorias de corredores especiais

A 14ª. Maratona Internacional de São Paulo, que será disputada no dia 1º de junho, em novo percurso, não reunirá apenas atletas de elite e amadores em busca de qualidade de vida em suas provas de 5 km, 10 km e 42.195 metros. A competição, na verdade, retrata o maior programa de inclusão de atletas com deficiência em corridas de rua do país. Por isso, a prova tem inscrições abertas em oito categorias de corredores especiais.

Para facilitar a participação desses atletas, a Yescom, organizadora das principais corridas de rua do Brasil, firmou no ano passado parceria com a Associação Desportiva para Deficientes (ADD), que tem o objetivo de proporcionar um atendimento mais dinâmico e com mais qualidade. De setembro, quando o acordo começou, até dezembro, quando foi disputada a São Silvestre, 387 atletas com deficiências participaram das provas da Yescom.

O maior número de participantes ocorreu na tradicional São Silvestre, que teve 133 atletas inscritos, segundo informações da ADD. A parceria começou na disputa da Meia Maratona do Rio de Janeiro, dia 2 de setembro, que teve 25 pessoas com deficiência e continuou por todo o calendário: Corrida da Paz (41), Super 40 Brasília (10), Brasken Salvador (6), Super 40 Belo Horizonte (9), Corrida Contra o Câncer de Mama (53), Da Rua para a Pista (4), Volta da Pampulha (31), Braskem Maceió (5), Sargento Gonzaguinha (49) e 10k Rio (21).

Na Maratona de São Paulo, que este ano terá largada na Avenida Jornalista Roberto Marinho, próximo à Ponte Estaiada, e chegada na região do Obelisco do Ibirapuera, a organização liberou inscrições para as seguintes categorias: cadeirantes, handcycle, deficientes visuais, amputados de membros inferiores, deficientes de membros superiores, deficientes auditivos e deficientes mentais.

Numa ação inédita na área esportiva no país, o acordo firmado cria procedimentos e serviços especiais para facilitar a participação de atletas deficientes e ao mesmo tempo fiscalizar, controlar e certificar os critérios e graus de deficiência dos participantes. Os atletas devem fazer inscrição, gratuita, pelo site www.maratonadesaopaulo.com.br.

A associação prestará assistência na entrega dos kits, na largada e na chegada, onde existirão áreas exclusivas para esses corredores, com o apoio de monitores capacitados.

Para as outras categorias, as inscrições também estão abertas, incluindo na caminhada de 5 km. Os interessados em participar da festa, que terá transmissão pela TV Globo, dentro do Esporte Espetacular, devem preencher a ficha no site www.maratonadesaopaulo.com.br. O valor da taxa para participar da maratona é de R$ 55,00 e, das demais corridas e caminhada, R$ 40,00.

A entrega dos kits, juntamente com o chip de cronometragem, será feita nos dias 29 e 30, das 13 às 21 horas, e no dia 31 de maio, das 8 às 16 horas, no Palácio do Judô, que fica no Ginásio do Ibirapuera no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães (Rua Manoel da Nóbrega, s/n). Não serão entregues kits no dia da prova.

A Maratona Internacional de São Paulo, que conta pontos para o Ranking Yescom, para o Ranking CBAt/CAIXA de Corredores de Rua e para o Ranking da Rede Globo/Yescom, é uma realização da Rede Globo, com organização da Yescom, patrocínio da Caixa Econômica Federal e Oi, com apoio de Gatorade, Mizuno, Yamaha e Montevérgine. A supervisão é da IAAF, CBAt, AIMS e FPA, com apoio especial da Prefeitura de São Paulo.

 

veja também