MENU

Marcelinho Paraíba tenta driblar críticas para reencontrar bom futebol

Marcelinho Paraíba tenta driblar críticas para reencontrar bom futebol

Atualizado: Quinta-feira, 16 Junho de 2011 as 3:39

O mais famoso, o mais caro, o mais cobrado. Marcelinho Paraíba, meio-campo do Leão, já sabe como funciona essa história. Foi assim no Flamengo, foi assim no São Paulo e não seria diferente no Sport. Consciente de que nem todos os momentos na carreira de um jogador são de alegrias, ele tem tentando driblar as críticas para ficar em paz com a bola e, principalmente, com a torcida rubro-negra.

- Estou acostumado, já rodei o mundo. Conheci várias torcidas no Brasil e lá fora, então sei que isso faz parte do futebol - afirmou o meio-campo.

Apesar de estar familiarizado com essa situação, o atleta diz que não é fácil quando as críticas dos torcedores começam antes mesmo do jogo começar. Foi o que aconteceu, por exemplo, no empate de 1 a 1 entre Sport e Duque de Caxias, na última terça-feira.

- A gente fica triste porque a torcida começou a criticar antes mesmo de a bola rolar, isso me deixou triste, decepcionado. E, durante a partida, também senti que faltou apoio da torcida. Se eu tenho 36 anos e acabo sentindo essa pressão, imagina o jogador que está chegando agora, com 20, 23 anos - disse o meia.

Nesse jogo, Marcelinho Paraíba errou falta, errou passe e, por isso, as críticas se multiplicaram. Ele afirma estar consciente de que a sua atuação, assim como a do time, não foi das melhores.

Grande parte das críticas ao meia se refere à condição física dele. No entanto, Marcelinho garante que está bem:

- Estou satisfeito, sei que dá para jogar 90 minutos sem problemas, apesar de estar com 36 anos.

Mesmo assim, Marcelinho Paraíba concordaria em ser poupado de alguns jogos. Mas que não seja neste sábado, contra o Vitória.

- O que nos deixa tranquilos é saber que estamos no G-4 e ainda invictos na competição. Há tempo para trabalhar e vamos buscar o resultado fora de casa - concluiu.          

veja também