MENU

Marcelinho volta ao Timão para ser o "Senhor Centenário" e se despedir da Fiel

Marcelinho volta ao Timão para ser o "Senhor Centenário" e se despedir da Fiel

Atualizado: Quinta-feira, 24 Dezembro de 2009 as 12

Marcelinho Carioca está de volta ao Corinthians. A diretoria anunciou que o Pé-de-Anjo será uma espécie de embaixador do clube para a comemoração dos 100 anos. Além disso, o ''Senhor Centenário'', como ele será chamado, também vestirá a camisa do Timão em algumas partidas amistosas. O primeiro jogo será dia 13 de janeiro.

O presidente Lula recebe das mãos de Marcelinho a camisa que ele usará durante o centenário do Timão Aos 38 anos de idade, encerrar a carreira no Corinthians era um sonho de Marcelinho. Maior colecionador de títulos no clube - foram dez -, o atacante já ensaiava o retorno há algumas semanas. Seu contrato com o Santo André, equipe que defendeu na última temporada, venceu nesta semana. Após uma conversa com a diretoria do ABC paulista, ele definiu que não renovaria o vínculo.

Segundo o departamento de marketing do Corinthians, a incorporação de Marcelinho atende ao pleito de milhares de torcedores. Durante todo o ano, o Pé-de-Anjo participará de diversas atividades programadas pela comissão do centenário - o aniversário será comemorado em 1º de setembro.

Ainda de acordo com nota oficial do Timão, além das atividades como mensageiro das comemorações, Marcelinho, ''mesmo sem ser do elenco de futebol profissional'', atuará em alguns amistosos de despedida da Fiel ao longo da temporada 2010. O primeiro já tem data marcada: 13 de janeiro, contra o Huracán-ARG, no estádio do Pacaembu.

Ele será apresentado oficialmente como ''Senhor Centenário'' no dia 7 de janeiro, em evento no Parque São Jorge, onde será lançada uma coleção de camisas comemorativas pelo centenário. Nesta quarta-feira, ele se encontrou com o presidente (e corintiano!) Luiz Inácio Lula da Silva, em São Paulo, e já presenteou o ilustre torcedor com uma camiseta com o número 100.

Esta é a quarta passagem de Marcelinho Carioca pelo Corinthians - as outras foram em 1994/97, 1998/2001 e 2006/07. Em oito anos de clube, o atleta marcou 206 gols em 427 partidas. Na sua galeria de títulos estão quatro taças do Paulista (1995, 1997, 1999 e 2001), uma Copa do Brasil (1995), dois brasileiros (1998 e 1999) e a conquista do Mundial de Clubes da Fifa (2000), além da Copa Bandeirantes (1994) e do Torneio Ramón de Carranza (1996).

veja também