MENU

Marcos completa 15 anos do primeiro jogo oficial como titular no Verdão

Marcos completa 15 anos do primeiro jogo oficial como titular no Verdão

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 10:40

Prestes a iniciar seus últimos campeonatos com a camisa do Palmeiras, o goleiro Marcos pode comemorar uma data importante nesta quinta-feira. Há 15 anos, em 19 de maio de 1996, o hoje “Santo” era apenas um franco-atirador, então reserva da equipe. Ganhou sua primeira chance como titular contra o Botafogo-SP e não decepcionou: naquele dia, o Verdão ganhou por 4 a 0 e ele pegou um pênalti. Logo depois da defesa, fez a comemoração que repetiria muitas vezes ao longo da carreira: levou as mãos ao céu e agradeceu.

Em 2000, Marcos defende um pênalti de Marcelinho do Corinthians, na Libertadores (Foto: Agência Estado)

  Vale lembrar que este foi seu primeiro jogo como titular em um jogo oficial. Antes dessa partida contra o Botafogo-SP, Marcos já havia disputado outras duas: um amistoso contra a Esportiva de Guaratinguetá, em 1992, e um jogo contra o XV de Jaú pelo Paulistão – mas ele entrou com o jogo em andamento. No total, são 511 jogos com a camisa alviverde.

Marcos planeja parar no fim deste ano (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

  Marcos já anunciou que se aposenta no fim do ano, mas seus amigos mais próximos no Palmeiras prometem fazê-lo mudar de ideia. O atacante Kleber, por exemplo, brinca a todo momento com o camisa 12, ídolo máximo da torcida.

- O Marcão todo mundo conhece, tem uma história dentro do clube, é exemplo. Muitos jogadores se espelham nele pelo caráter. O cara é parceiro demais, vai fazer muita falta se sair. Fico toda hora na cabeça dele, pedindo para não se aposentar... Senão a pressão fica só para cima de nós – afirmou Kleber, aos risos.

Neste domingo, contra o Botafogo, na estreia do Campeonato Brasileiro, Marcos fará seu jogo de número 512 pelo Palmeiras. Com a esperança de conquistar um último título em uma carreira já repleta de sucessos – títulos de Libertadores, Copa do Brasil, Paulista e Brasileiro (este como reserva) pelo Verdão, além da Copa do Mundo de 2002 pela Seleção Brasileira.          

veja também