MENU

Marilson e Zeferina ganham a 12ª Meia Maratona Internacional do Rio

Marilson e Zeferina ganham a 12ª Meia Maratona Internacional do Rio

Atualizado: Quinta-feira, 16 Outubro de 2008 as 12

Marilson e Zeferina ganham a 12ª Meia Maratona Internacional do Rio

O brasiliense Marílson Gomes dos Santos e a mineira Maria Zeferina Baldaia, integrantes da seleção brasileira no Mundial de Meia Maratona IAAF/CAIXA, foram os campeões da 12ª. Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro, disputada na manhã deste domingo, com largada em São Conrado e chegada no Aterro do Flamengo. A competição reuniu o recorde de 15 mil participantes, numa grande festa do esporte e da melhor qualidade de vida.

Com sol e calor de 22 graus C na largada e de 28 graus C na chegada, 21.097 metros depois, a Meia Maratona do Rio deste ano foi especial por ser disputada ao mesmo tempo do Campeonato Mundial da distância, que reuniu atletas de 40 países e destaques como os novos tricampeões da prova, o eritreu Zersenay Tadese e a holandesa de origem queniana Lornah Kiplagat.

Oitavo colocado no Mundial, Marílson venceu pela primeira vez a Meia Maratona do Rio, com o tempo de 1h03min14s, com 58 segundos de vantagem sobre o queniano Kipromo Mutai, segundo colocado. "Fiquei muito feliz por terminar entre os dez melhores do mundo e especialmente por ganhar a Meia Maratona. Isso é uma grande honra", comentou o campeão, que tirou umas curtas férias depois da Olimpíada de Pequim e fez uma preparação rápida para a prova deste domingo. "Treinei o que pude no tempo que deu".

Campeão da Maratona de Nova York de 2006 e recordista sul-americano dos 5.000 e dos 10.000 metros, Marílson vai iniciar preparação para tentar o bi em Nova York, no início de novembro. "Vou continuar a preparação que fiz para correr agora, só que com mais quilometragem".

Para o técnico Adauto Domingues, Marílson sentiu o fato de não ter terminado a maratona na Olimpíada de Pequim e a disputa na prova deste domingo foi importante para o seu recomeço. ?Ele esperou baixar a poeira olímpica e a partir de competições como esta deve ganhar novamente confiança?, afirmou o treinador.

Outro brasileiro no pódio foi o maranhense Raimundo Nonato de

Souza, que terminou em quinto lugar. Radicado em Brasília, ele vem de uma boa seqüência de pódios, como o quarto lugar na Volta da Pampulha de 2007 e a quinta colocação na Corrida Pan-Americana - 10k Rio, também de 2007. "Estou bem treinado e melhorando meus resultados", disse. "Isso me dá maior confiança para as próximas competições".

Alegria

Bicampeã da Maratona de São Paulo e campeã da tradicional Corrida de São Silvestre, Maria Zeferina comemorou bastante a primeira vitória na Meia Maratona do Rio, após ter terminado em 17º. lugar no Mundial de Meia Maratona. "Foi uma prova fortíssima, com um ritmo intenso e só em participar de uma competição ao lado das melhores corredoras de rua do mundo já estava feliz", disse. "Ganhar a Meia do Rio, então, foi o máximo".

Zeferina estava particularmente feliz no pódio por ter alcançado a sua melhor marca pessoal no Brasil na distância. "Já corri mais rápido na Europa, em cidades em que calor não é tão intenso", lembrou a campeã da tradicional Stramilano, meia maratona disputada em Milão. "Fiquei feliz por superar adversárias fortes como as quenianas inscritas".

Terceira colocada na São Silvestre de 2007, ela vai preparar-se para conseguir o bi na competição do último dia do ano, em São Paulo.

Resultados

Masculino

1. Marilson dos Santos (BMF/Pão de Açúcar/CAIXA) - 1h03min14

2. Kiprono Mutai (Athletic Sports/Quênia) - 1h04min12

3. Willy Kimutai (Athletic Sports/Quênia) - 1h04min12

4. Daniel Kipchirchir (Obcursos/CAIXA/Quênia) - 1h05min05

5. Raimundo Nonato Souza (UniDF) - 1h05min10

Feminino

1. Maria Zeferina Baldaia (Pinheiros) - 1h13min42

2. Emily Chepkomi (Athletic Sports/Quênia) - 1h14min45

3. Nancy Kipron (Fila/Quênia) - 1h14min50

4. Eunice Kirwa (Fila/Quênia) - 1h14min52

5. Ednah Mukhwana (Athletic Sports/Quênia) - 1h15min08

A Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro foi uma realização da Rede Globo, com organização da Yescom, com o patrocínio da CAIXA e Adidas, apoio de Gatorade, Água Mineral Schincariol, Embratel, Montevérgine, HCor, Café Pimpinela, Rapidão Cometa e Prefeitura do Rio de Janeiro. A supervisão é da IAAF, AIMS, Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e Federação de Atletismo do Rio de Janeiro (Farj).

Mais informações no site www.meiamaratonadoriodejaneiro.com.br

veja também