MENU

Marlon quer evitar 'erros bobos' e ver Brasil voltar ao nível

Marlon quer evitar 'erros bobos' e ver Brasil voltar ao nível

Atualizado: Terça-feira, 29 Novembro de 2011 as 10:55

Após a derrota da seleção brasileira para a Sérvia, nesta terça-feira, pela Copa do Mundo Masculina de Vôlei, o levantador Marlon admitiu que o Brasil sofreu com o cansaço mental e que precisa recuperar a força que virou a marca do time de Bernardinho. Segundo o jogador, a derrota por 3 sets a 1, em Hamamatsu, no Japão, não pode impedir a classificação para os Jogos Olímpicos de Londres-2012.

- Temos que descansar, pensar na viagem, mas mesmo assim vamos continuar trabalhando. Não pode ter mais erros bobos, quero que nosso nível volte a ser o que sempre foi. Temos que nos reunir e buscar essa classificação de uma maneira ou de outra - disse Marlon ao "SporTV News" .

Já o oposto wallace, que tem sido usado como opção no banco pelo técnico Bernardinho, admitiu que a Sérvia chegou descansada na partida. O jogador, no entando, não vê abalo na seleção após a derrota.

Cansado, Brasil perdeu para os sérvios por 3 sets a

1 (Foto: FIVB) - O clima não está pesado. Mas desde o começo o campeonato foi difícil pela quantidade de jogos. A Sérvia está vindo descansada, nosso time não teve um tempo bom para dar uma aliviada nos jogadores titulares, mas isso não é desculpa, eles jogaram bem, não tem o que falar, mas os caras estavam descansados sim - disse o atleta.

Apesar do revés, Wallace se disse feliz com as oportunidades de ajudar a equipe principal. O oposto tem entrando em quadra em momentos de baixo rendimento do time de Bernandinho.

- Tem que aproveitar cada entrada que você faz na quadra, dando o máximo. Eu ainda tenho muito o que percorrer, cada dia eu vou me surpreendendo, pois não esperava entrar mais uma vez no quarto set. Podem ter certeza de que eu estou dando o meu máximo - disse o atleta.

Na quarta posição da competição, o Brasil deixa temporariamente a zona de classificação para os Jogos de Londres, em 2012. A equipe disputa a quarta e última fase em Tóquio. O próximo desafio será na sexta-feira, contra o Irã. Em seguida, os adversários serão Polônia e Japão.          

veja também