MENU

Marta: 'Trocaria todos os meus títulos pessoais por um coletivo'

Marta: 'Trocaria todos os meus títulos pessoais por um coletivo'

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 1:40

Ela é tão especial para o esporte brasileiro, e o futebol feminino em particular, que ganhou um quadro só para ela. Marta Vieira da Silva, dona de um estilo aguerrido e talentoso, é a cara do Mundial feminino e, por isso, "A Cara do É Gol!!!" desta semana. Dentre muitos títulos, a jogadora foi eleita cinco vezes consecutivas a melhor do mundo, mas a atacante afirma que sonha com um título pelo Brasil ( assista a entrevista ao lado ).

- Particularmente, eu trocaria título de melhor do mundo, essas coisas todas, para ter um título coletivo com a seleção brasileira. Um título de alto nível, como um Mundial agora ou uma Olimpíada. Esse é meu sonho - revelou à apresentadora Fernanda Gentil.

Nesta quarta-feira, ela e suas companheiras da Seleção Brasileira entram em campo contra a Austrália pela Copa do Mundo de Futebol Feminino 2011, com transmissão ao vivo do SporTV . Esse será o primeiro passo do time de Kleiton Lima em busca do tão esperado título inédito. Assim como o Brasil, a atacante acredita que todas as seleções estão bem preparadas para o torneio.

- As meninas estão super motivadas, é mais uma chance que a gente tem para mostrar o nosso potencial. Podem esperar muita garra, determinação e muito trabalho, para a conquista desse título - afirmou.

Após atuar como juvenil do CSA-AL, Marta iniciou a carreira profissional no Vasco, em 2000. Dois anos depois, foi para o Santa Cruz, onde jogaria por mais duas temporadas, antes de defender o Umea IK, da Suécia. Por este clube, ficou conhecida na Europa, se destacando cada vez mais. Ela também passou pelo Los Angeles Sol (Estados Unidos) onde se tornou artilheira da liga nacional. Em 2009 foi contratada pelo Santos por três meses. No ano seguinte foi para o FC Gold Pride e em dezembro retornou ao Santos. Atualmente, Marta veste a camisa o Western New York Flash.     Com a Seleção brasileira, a atacante conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2003 e 2007, liderando a artilharia da competição com 12 gols. Foi ainda medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 2004 e 2008. Na Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2007, Marta foi escolhida a melhor jogadora do mundial, recebendo o prêmio Bola de Ouro e o título de artilheira da competição com 7 gols. Apesar das dificuldades que passou durante sua vida, ela não pensa em se aposentar do futebol tão cedo.

- Sempre quando eu entro em um jogo eu penso no meu passado, em tudo que eu tive que enfrentar para estar ali, então aquilo me da uma motivação muito grande. Quando a gente ganha algo, quando chega no topo, a emoção é bem maior - disse.          

veja também