MENU

Massa e Button reclamam e preveem insatisfação no treino

Massa e Button reclamam e preveem insatisfação no treino

Atualizado: Quarta-feira, 12 Maio de 2010 as 4:14

Atual campeão mundial e líder do campeonato, o britânico Jenson Button, da McLaren, prevê insatisfação no treino classificatório para o Grande Prêmio de Mônaco, no próximo sábado. Na Ferrari, o brasileiro Felipe Massa também adotou uma postura crítica.

''Vai ser complicado para todos nós. Normalmente, se você pega tráfego pode se recolher e tentar achar espaço na próxima volta, mas desta vez acho que vamos precisar continuar. Vai ser complicado na Q1, mas vamos enfrentar. Alguns de nós ficarão com raiva e não estarão felizes, mas vamos lidar com a situação'', afirmou Button.

O principal temor no treino classificatório é causado pela presença dos seis carros de Lotus, Virgin e Hispania nas estreitas e tortuosas ruas de Mônaco. Algumas equipes chegaram a propor a divisão da qualificação em dois grupos de 12 pilotos, mas a ideia já foi descartada.

''Teria sido bom fazer uma qualificação diferente, pelo menos para torná-la mais real, para oferecer a possibilidade a todos os pilotos de fazerem o melhor, porque acho que encontrar uma volta livre aqui não vai ser fácil'', declarou Massa, mais um piloto receoso com a primeira etapa do treino.

''Sempre que você está numa qualificação e não consegue fazer a volta é desagradável. Aqui é a pior pista para isso. Até agora, fizemos um bom trabalho na Q1, na Q2 e na Q3 das qualificações, mas aqui isso vai ser um problema grande, especialmente na Q1'', disse o ferrarista.

O experiente italiano Jarno Trulli, da Lotus, admite que o treino será tumultuado. No entanto, o piloto acredita que as equipes novatas também podem ser prejudicadas em função do número de carros e das características do circuito de rua do Principado.

''É uma questão de sorte, porque talvez um carro mais rápido desacelere na minha frente na minha volta lançada. Por outro lado, talvez eu esteja na minha volta lançada, mas não seja o suficiente para um carro mais rápido. Das duas maneiras, não vai funcionar'', afirmou Trulli.

Para o italiano, a situação pode até mesmo favorecer Lotus, Virgin e Hispania. ''Tudo pode acontecer em Mônaco, mesmo que você esteja longe das equipes estáveis. Para nós é mais difícil entrar, mas Mônaco é o lugar onde você tem mais chance'', encerrou.

veja também