MENU

Maya Harrisson encara de novo a montanha de Whistler

Maya Harrisson encara de novo a montanha de Whistler

Atualizado: Sexta-feira, 26 Fevereiro de 2010 as 12

Aos 17 anos, a brasileira Maya Harrisson amargou uma estreia decepcionante em Olimpíadas. Nos Jogos de Inverno de Vancouver, ela caiu no percurso de esqui e não conseguiu completar a prova do slalom gigante na quarta-feira. Nesta sexta, a menina criada na Suíça terá mais uma oportunidade de representar o Brasil na traiçoeira montanha de Whistler Creekside, desta vez no slalom especial. O SporTV transmite a prova.

Com percurso mais curto que o do slalom gigante, a primeira descida do especial está marcada para as 15h, no horário de Brasília. A segunda acontece às 18h30m. Será a última chance para Maya superar a frustração da estreia, apesar de ser especialista na prova de quarta-feira:

- Eu prefiro e tenho mais confiança no slalom gigante. Mas agora não adianta pensar desta forma. Vou fazer o meu melhor – promete a brasileira, que mora na Suíça com os pais adotivos.

A atleta aproveitou a quinta-feira para descansar e analisar a prova de quarta, para tentar entender seu erro. Com a queda, ela abandonou a prova e não fez a segunda descida. Maya lamenta não ter percebido que poderia ter continuado na prova.

- Eu errei a porta, mas tinha condições de voltar, pois estava perto. Na hora não percebi. Se eu tivesse voltado, meu tempo não seria bom, mas teria a chance de participar da segunda descida – explicou.

Além de Maya, outro brasileiro ainda vai competir no slalom do esqui alpino nos Jogos de Inverno. Jhonatan Longhi disputa a prova masculina no sábado.

veja também