MENU

Medina derruba Neco em Noronha e se junta a Alejo, Jihad e Heitor

Medina derruba Neco em Noronha e se junta a Alejo, Jihad e Heitor

Atualizado: Sábado, 19 Fevereiro de 2011 as 12:59

O Brasil garantiu um quarteto na quarta fase - uma antes das oitavas de final - do WQS seis estrelas prime de Fernando de Noronha. Nova sensação do surfe, Gabriel Medina eliminou Neco Padaratz, campeão da etapa em 2003. Heitor Alves, integrante do Circuito Mundial, passou por Ricardo Santos. Novato entre os melhores do mundo, Alejo Muniz derrotou o francês Tim Boal, e Jihad Khodr, que, assim como Neco, já fez parte da elite, venceu o duelo contra Miguel Pupo.

Júnior Faria, Thiago Camarão e Luel Fernandes foram eliminados. Ainda pela terceira fase, Robson Santos vai pegar o australiano Dion Atkinson, e Hizunomê Bettero encara o americano Tanner Gudauskas.

O duelo mais esperado era entre Medina e Neco. Em 2009, eles decidiram o WQS da Praia Mole, vencido pelo surfista de 17 anos. Medina começou melhor nesta sexta-feira, arrancando um 7,67. A 20 minutos para o fim da bateria, Neco, que tinha apenas 2,17, pegou um belo tubo para a direita e tirou 8,10 para virar a bateria.

O paulista somou uma nota fraca - 1,70 - e ficou precisando de 2,61 para assumir a liderança. Virou quando faltavam nove minutos, ao tirar um 3,67. A nota foi logo descartada. No minuto seguinte, ele remou para uma esquerda e arrancou 6,73. Neco ficou à procura de 6,30.

Os dois surfistas foram em direção a uma mesma esquerda. Neco, que tinha a prioridade, seguiu na onda e ganhou 3,77. Medina o marcou de perto e não deixou que ele conseguisse pegar outra.

- É diferente competir contra ele. Entrei na água meio tenso, por um lado, mas relaxado por saber que, se perdesse, teria perdido para o Neco Padaratz – disse Medina, em entrevista durante a transmissão ao vivo, pouco antes de ser cumprimentado pelo catarinense.

veja também