MENU

Melhor atleta do ano, musa da neve decepciona no Mundial: 'Não era eu'

Melhor atleta do ano, musa da neve decepciona no Mundial: 'Não era eu'

Atualizado: Terça-feira, 8 Fevereiro de 2011 as 2:42

Lindsey Vonn não pôde ir a Abu Dhabi para receber o Laureus de Melhor Atleta do ano, na segunda-feira. A americana já estava em Garmisch-Partenkirchen, no sul da Alemanha, pronta para estrear no Mundial de esqui alpino. A primeira descida, porém, foi para esquecer. Bronze no Super-G dos Jogos Olímpicos de Vancouver-2010, a musa terminou com uma fraca sétima colocação na prova. O ouro foi para a austríaca Elisabeth Goergl.

- Não era eu. Estava com dor de cabeça, decidi competir, mas não estava agressiva - disse Vonn, campeã das últimas três edições da Copa do Mundo.

Para ganhar o Laureus, a bela da neve desbancou as tenistas Kim Clijsters, Serena Williams e Caroline Wozniacki e as atletas Jessica Ennis e Blanka Vasic. O tenista Rafael Nadal foi eleito o melhor no masculino.

Na Alemanha, Lindsey completou o percurso do Super-G em 1m24s66. Elisabeth, a campeã, cravou 1m23s82, 0,5s a menos que a americana Julia Mancuso. A austríaca superou uma outra superfavorita para, aos 29 anos, conquistar sua primeira medalha de ouro. Maria Riesch, que competia em casa, teve de se contentar com o bronze.

Lindsey, porém, ainda tem chances de abocanhar medalhas. Ela deve competir no slalom, slalom gigante, downhill e combinado. O Mundial termina apenas no dia 20. O Brasil tem cinco  representantes: Jhonatan Longhi, Maya Harrisson, Paulo Egydio, Fábio Guglielmini e Chiara Marano.

veja também