MENU

Melhor do mundo, Messi anota três em goleada do Barça na Copa do Rei

Melhor do mundo, Messi anota três em goleada do Barça na Copa do Rei

Atualizado: Quinta-feira, 13 Janeiro de 2011 as 9:28

Dois dias depois de receber pelo segundo ano seguido o prêmio de melhor do mundo, Lionel Messi mostrou porque é, de fato, o grande jogador da atualidade. Com três gols do argentino, o primeiro deles uma verdadeira pintura, o Barcelona bateu o Bétis por 5 a 0, nesta quarta-feira, no duelo de ida entre as duas equipes pelas oitavas de final da Copa do Rei.

Com o resultado, o clube catalão pode perder a partida de volta em Sevilha no próximo dia 19 por até quatro tentos de diferença que, mesmo assim, passa de fase. Além de praticamente assegurar a vaga, o Barça chegou ao seu 27º jogo invicto na temporada, igualando a marca alcançada em 1973/1974.

Nada de descanso

Sem querer saber descansar seus craques, o técnico Pep Guardiola levou a campo sua força máxima. A única mudança foi a entrada de Pinto na vaga do goleiro titular Victor Valdés (substituição comum em jogos da Copa do Rei onde o reserva é muito mais utilizado).

E com Messi, Xavi, Iniesta e companhia em campo, não demorou para o Barcelona sufocar o Bétis. Logo aos dois minutos, após uma troca de passes por quase toda equipe, David Villa arriscou da entrada da área e obrigou o goleiro Casto fazer sua primeira (difícil) defesa na partida.

Piqué e Daniel Alves discutem

Aos 13, após cruzamento de Maxwell, David Villa apareceu como um raio na pequena área e carimbou a trave. Assustado, o Bétis só foi aparece com perigo aos 20. Após contra-ataque, Molina driblou Puyol e chutou rente à trave de Pinto.

O lance empolgou os visitantes que, aos 25, chegaram à frente novamente com Castro. A jogada irritou o zagueiro Piqué que foi cobrar de Daniel Alves um melhor posicionamento na defesa. O brasileiro não gostou do puxão de orelhas e discutiu asperamente com o espanhol, chegando inclusive a colocar o dedo indicador no rosto do companheiro.

Depois do pequeno imbróglio, o Barça voltou a incomodar o rival e, aos 28, David Villa voltou a carimbar a trave de Casto, desta vez em cobrança de falta sofrida por Messi.

Pintura do melhor do mundo

O argentino, por sinal, figura apagada até então, resolveu aparecer aos 44. Após passe de Iniesta, o hermano deu um lindo toque de cobertura deixando goleiro e zagueiro do Bétis vendo navios. Golaço.

Antes do apito final para o primeiro tempo, Castro, com uma bomba de fora da área, acertou o travessão do Barça. Na segunda etapa, o Bétis voltou sem medo e seguiu ameaçando a meta catalã. Jogador mais perigoso do time andaluz, Castro obrigou o goleiro Pinto fazer linda intervenção aos 14.

Messi resolve

Mas como diz o velho e batidíssimo ditado de “quem não faz...”. Aos 18, Villa encontrou Lionel Messi na grande área. O camisa 10 se enrolou um pouco no primeiro momento, mas, em seguida, se encontrou e fez o segundo do Barça.

Com a vantagem ampliada, os donos da casa passaram a controlar mais o confronto e o Bétis, abalado pelo gol sofrido, diminuiu o ritmo.

O ritmo mais lento da partida, entretanto, só não foi seguido por Messi que, aos 27, fez mais um após lançamento espetacular de Xavi. Sorriso do hermano que ouvia os gritos de aclamação da torcida nas arquibancadas do Camp Nou.

Aos 30, Pedro, depois de passe açucarado de Daniel Alves, ampliou o marcador. Keita, aos 37, fez mais um, de cabeça. Minutos depois, Guardiola sacou Messi que saiu ovacionado do gramado.

Outros jogos

Em outra partida do dia pelas quartas de final, o Sevilla, sem Luis Fabiano, visitou o Villarreal e empatou por 3 a 3. O placar garante uma boa vantagem ao time andaluz que pode empatar por 0 a 0, 1 a 1 ou 2 a 2 no jogo de volta que, mesmo assim, vai às semifinais. Real Madrid x Atlético de Madri e Almería x La Coruña completam a rodada da Copa do Rei nesta quinta-feira.

veja também