MENU

Meninos bolivianos se divertem como ajudantes do Palmeiras

Meninos bolivianos se divertem como ajudantes do Palmeiras

Atualizado: Quarta-feira, 13 Outubro de 2010 as 1:26

O microônibus mal entra no Estádio Pátria e eles já estão lá, prontinhos para ajudarem no que for preciso. Apesar da baixa estatura e do porte físico não ser dos melhores, eles têm o que a delegação palmeirense necessita para os treinos da equipe em Sucre: fôlego de sobra. Na cidade boliviana que fica a 2.800 metros acima do nível do mar, Gabriel Oropeza, Miguel Angel Quispe, Gastón Barzol e Juan Carlos González são bem recebidos pelos roupeiros do Alviverde para atuarem nas atividades comandadas pelo técnico Luiz Felipe Scolari como gandulas. O primeiro serviço dos garotos é arrumar as chuteiras dos atletas. Com cuidado, eles ajeitam os calçados na beira do gramado, formando uma grande fileira colorida. Depois, levam os sacos de bola para o meio do campo. Quando a bola começa a rolar, cada um corre para um lado, esperando o momento de buscar alguma “pelota” e devolvê-la para o atleta.

Eles fazem isso sempre que alguma equipe treina no estádio. Com o Palmeiras, por exemplo, Gabriel, de 9 anos, ajuda pela segunda vez - ele participou dos treinos quando o time esteve na cidade no ano passado, para o jogo com o Real Potosí, pela Libertadores. Todos já ajudaram também nos treinamentos do Cruzeiro, no torneio continental deste ano. Eu não fico cansado. Estou acostumado a correr atrás das bolas. E gosto porque sempre ouço algo de um jogador. O Kléber é o mais legal de todos. Conheço desde o jogo do Cruzeiro - disse Gabriel, sem perder o fôlego, mesmo depois de 1h30m de correria.

Ao final dos trabalhos, os meninos correm novamente para ajudar a juntar o material da equipe. Com tudo recolhido na beira do campo, eles podem beber água e comer algumas frutas que sobraram do lanche dos atletas. Na saída, ainda carregam galões, baús térmicos e garrafas com café e isotônicos. E ouvem o recado do roupeiro João da Silva Araújo com atenção.

- Amanhã (quarta-feira) vocês estejam aqui às 19h, tudo bem? - disse o membro da comissão palmeirense, que logo vê as cabecinhas cachoalharem em sinal positivo.

Gabriel, Miguel, Gastón e Juan Carlos estarão novamente na noite desta quarta-feira no Estádio Pátria. E, como gandulas improvisados, verão o último ensaio de Scolari com o elenco palmeirense, antes da partida desta quinta, contra o Universitario de Sucre, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Mas só eles, pois Felipão fechou as atividades da noite para a imprensa brasileira e, principalmente, a boliviana.

veja também