MENU

Mesmo com astral em alta, Flu rejeita favoritismo em semifinal contra o Fla

Mesmo com astral em alta, Flu rejeita favoritismo em semifinal contra o Fla

Atualizado: Sábado, 23 Abril de 2011 as 9:20

No momento em que o Fluminense conquistava uma empolgante vitória por 4 a 2 sobre o Argentinos Juniors, em Buenos Aires, e garantia a vaga nas oitavas de final da Libertadores, o Flamengo não passava de um 1 a 1 com o Horizonte-CE, no Engenhão, pela Copa do Brasil. O contraste também ficou evidente na manifestação da torcida tricolor – que foi em massa ao aeroporto recepcionar os jogadores – e na da rubro-negra – que vaiou a equipe após a partida. No entanto, antes do Fla-Flu deste domingo, pela semifinal da Taça Rio, nas Laranjeiras ninguém assume o favoritismo, mesmo que o momento seja mais favorável.

- Antes do último Fla-Flu eu disse que cada um jogaria o favoritismo para o outro lado. Um clássico pode ser decidido nos detalhes. Então, precisamos estar ligados. É um jogo especial. Enfrentar o rival é muito bom, mas o jogo é dentro de campo. Não adianta prometer, tem que fazer - alertou o atacante Rafael Moura.

No último Fla-Flu, dia 13 de março, era o Fluminense que vivia uma situação difícil diante de um Flamengo que acabara de sagrar-se campeão da Taça Guanabara. Depois do empate em 0 a 0, o técnico Muricy Ramalho deixou o cargo, afundando o Tricolor numa crise sanada com a vitória na Argentina, na última quarta-feira.

Para o técnico Enderson Moreira, o Fluminense precisa deixar as comemorações de lado e concentrar sua atenção no Flamengo, priorizando a tática para anular peças importantes, como Ronaldinho e Thiago Neves.

- São jogadores de um nível excepcional, que precisam ser bem marcados e que não podem ter espaços. Mas nosso desafio também é neutralizar outras forças importantes do Flamengo.

veja também