MENU

Mesmo em bom momento, Dentinho diz que precisa melhorar

Mesmo em bom momento, Dentinho diz que precisa melhorar

Atualizado: Sexta-feira, 12 Março de 2010 as 12

O atacante Dentinho foi a grande estrela do desembarque do Corinthians, que aconteceu no início da manhã desta sexta-feira, dia 12. Em alta após marcar quatro gols nas últimas quatro partidas, ele foi cercado pelos jornalistas e depois, com muita paciência, atendeu aos pedidos para fotos e autógrafos.

- É um dos meus melhores momentos no Corinthians. Estou jogando com alegria e os gols estão acontecendo. Fico feliz de poder estar ajudando os meus companheiros. Agora é esquecer a Libertadores e pensar no jogo de domingo, contra o Santo André, que é muito importante para nós - afirmou o camisa 17.

O atacante, apesar do ótimo momento, ainda não se considera titular da equipe comandada pelo técnico Mano Menezes.

- Tenho de correr atrás ainda, buscar o meu espaço para poder virar titular novamente. Mas as coisas estão dando certo. O elenco do Corinthians é muito qualificado e é preciso sempre estar bem. Agora que recuperei o meu melhor futebol, vou batalhar para ficar entre os 11 - ressaltou o atacante corintiano.

O gol marcado contra o Independiente de Medellín ainda está na cabeça do jovem atacante do time de Parque São Jorge.

- Foi o gol mais bonito da minha carreira. O Jorge Henrique foi um guerreiro, batalhou pela bola. Eu fui feliz em ameaçar chutar e o zagueiro caiu. Depois, acertei um belo chute, que foi fruto de muito treinamento. Também tive a ajuda da altitude já que a bola ganhou velocidade - lembrou o jogador.

E como Dentinho faz para manter a concentração sabendo que, apesar do ótimo desempenho, deverá continuar no banco de reservas na partida de domingo, contra o Santo André, pelo Campeonato Paulista?

- Procuro manter a calma, não posso me empolgar. Converso muito com meus familiares e eles me passam muita coisa boa. Não posso atropelar as coisas. Se as coisas hoje estão dando certo é porque estou trabalhando duro, trabalhando forte. O Mano sabe que pode contar comigo e isso é o mais importante - analisou o humilde atacante.

Por: Marcelo Prado

veja também