MENU

Mesmo hostilizado, Ganso está com a cabeça no lugar, dizem santistas

Mesmo hostilizado, Ganso está com a cabeça no lugar, dizem santistas

Atualizado: Quarta-feira, 6 Abril de 2011 as 11:59

O meia Paulo Henrique Ganso foi hostilizado por alguns torcedores do Santos no último domingo, após a derrota por 1 a 0 para o Palmeiras, na Vila Belmiro. Foi chamado de “mercenário” pelos descontentes. Acabou virando vilão de uma novela que se arrasta desde agosto do ano passado: até o momento, não há acordo com relação à sua renovação de contrato e o jogador já manisfestou seu interesse de ir jogar na Europa. Apesar de triste com a manifestação da torcida e com a situação que foi criada, o jogador está com a cabeça tranquila para o jogo desta quarta-feira, contra o Colo Colo, pela Taça Libertadores.

Quem garante isso são seus companheiros. O próprio elenco santista mostrou preocupação com o estado psicológico de Ganso. Afinal, o confronto contra os chilenos é considerado uma final de campeonato para o Alvinegro. Se perder o jogo, o time não dependerá mais de suas próprias forças para alcançar a classificação para as oitavas de final. E Ganso é o camisa 10, peça chave da equipe, e precisa estar concentrado.

- Infelizmente, foi uma situação criada pelos representantes do Paulinho e que está pagando por isso. Claro que ele não está feliz com tudo isso, mas sei que está focado no jogo e vai nos ajudar – afirmou o meia Elano.

O técnico interino do Santos, Marcelo Martelotte, afirma que Ganso já demonstrou, apesar de ter apenas 21 anos, que lida muito bem com pressão. Ele está certo de que o meia vai conseguir separar bem as coisas e que seu problemático relacionamento com a diretoria e, agora, com alguns torcedores, não irá atrapalhá-lo.

- Na parte emocional, ele está 100% - garantiu.

O jogo entre Santos e Colo Colo, nesta quarta, começa às 21h50m (horário de Brasília), na Vila Belmiro. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances em Tempo Real,  com vídeos exclusivos. O SporTV 2 transmite ao vivo para todo o Brasil.      

veja também