MENU

Messi desequilibra, Barcelona espanta "zebra" e volta à liderança do Espanhol

Messi desequilibra, Barcelona espanta "zebra" e volta à liderança do Espanhol

Atualizado: Segunda-feira, 11 Janeiro de 2010 as 12

Bastaram 90 minutos para que o Barcelona voltasse à liderança do Campeonato Espanhol. Depois de o Real Madrid vencer o Mallorca, neste domingo, e assumir a ponta provisória da competição, o time da Catalunha foi instável, mas contou com o brilhantismo de Lionel Messi para confirmar seu favoritismo e superar o Tenerife por 5 a 0. Com isso, o Barça voltou a ter dois pontos de vantagem sobre o seu principal adversário.

Apesar do resultado elástico, o Tenerife criou diversas oportunidades e, logo aos 4min de jogo, acertou uma bola no travessão. O Barcelona, no entanto, contou com a estrela de Messi, atual melhor jogador do mundo, para desequilibrar o jogo a seu favor e voltar à Catalunha com os três pontos na bagagem.

Além de acertar o travessão logo no início, o Tenerife obrigou Victor Valdés a trabalhar bastante. Alfaro teve três boas chances de abrir o placar, mas o goleiro do Barcelona evitou o gol do adversário.

Com muitas dificuldades para criar jogadas, o Barcelona acabou preso na marcação do Tenerife. Porém, por meio de uma jogada individual, os visitantes abriram o placar e começaram a espantar a ''zebra''. Aos 35min, Bojan arrancou pela esquerda, passou do marcador, invadiu a área e rolou para o meio. Messi, livre na marca do pênalti, empurrou para o fundo das redes.

O gol desestabilizou o Tenerife e o Barcelona soube aproveitar este momento. Aos 43min, Messi cobrou falta e Puyol desviou para as redes. Três minutos depois, o melhor jogador do mundo recebeu outra bola com liberdade e só teve o trabalho de empurrar e marcar o seu segundo gol na partida.

Mesmo com a boa vantagem adquirida na primeira etapa, o Barcelona continuou pressionando o Tenerife no segundo tempo. Logo aos 2min, Henry recebeu no lado esquerdo da área, invadiu e chutou na trave.

A empolgação, no entanto, não durou muito. Acomodados, Barcelona e Tenerife passaram a protagonizar um jogo morno. Porém, aos 30min, Messi quebrou essa ''calmaria'' com um gol de placa. De fora da área, o argentino recebeu e deu um leve toque na bola, o suficiente para encobrir o goleiro adversário e marcar o seu terceiro gol no jogo. O lance foi aplaudido e reverenciado por todos os torcedores do estádio.

Para fechar a goleada, aos 40min, Henry cruzou para a área e Pedro dominou. O jogador driblou dois adversários, mas o zagueiro Luna chegou de carrinho e acabou empurrando para a própria meta, marcando um gol contra.

veja também