MENU

Messi lidera, e Barcelona conquista a 2ª taça da temporada

Messi lidera, e Barcelona conquista a 2ª taça da temporada

Atualizado: Sábado, 27 Agosto de 2011 as 9:10

Eleito o melhor jogador da temporada europeia 2010/2011, Lionel Messi mostrou que o seu reinado está longe de acabar. Com um gol e uma assistência maravilhosa do argentino, o Barcelona venceu o Porto por 2 a 0 e conquistou sua primeira taça continental na atual temporada, ao vencer a Supercopa da Europa no estádio Louis II, em Mônaco.

De quebra, é um título importante e especial para o técnico Pep Guardiola, que chega à sua décima segunda taça, passando o holandês Johan Cruyff e se tornando o treinador mais vitorioso da história do Barcelona.

Com pouco mais de um mês do retorno do time das férias, os espanhóis já levantaram dois troféus. Além do desta sexta-feira, venceu o Real Madrid e já tinha levado a Supercopa da Espanha.

Confira como foi o jogo Claude Paris/Associated Press Lionel Messi passa pelo goleiro brasileiro do Porto, o Helton Mas ao contrário do que geralmente acontece, o Barcelona não encontrou facilidades. Messi queria findar um tabu: o de nunca ter marcado na competição, a única na sua carreira em que ele ainda não havia balançado as redes.

E o Porto deu mostras de que não ia deixar o argentino à vontade. A melhor maneira de evitar que ele desequilibrasse era não deixar a bola chegar até ele.

O Porto começou o jogo impingindo ao Barcelona a mesma tática que faz os espanhóis dominarem seus adversários: toque de bola e marcação pressão sobre a defesa catalã. Deu certo. O time português teve pelo menos duas boas chances com João Moutinho e Hulk, mas não marcou.

A tática portuguesa era tão efetiva que, com 20 minutos de jogo, os números comprovaram algo raro: o Porto tinha a bola nos seus pés pelo mesmo tempo que o Barcelona. Segundo as estatísticas da Uefa, as duas equipes estavam empatadas com 50% de posse. Desde que Pep Guardiola assumiu o time, em todos os jogos os catalães tiveram mais a pelota do que seus rivais.

Depois da metade do primeiro tempo, o Barcelona começou a impor seu estilo de jogo.

Mas o que rendeu ao time o seu gol não foi o seu estilo de jogo bonito, uma arrancada fenomenal de Messi, ou uma enfiada de bola de Xavi ou Iniesta. O tento saiu depois de uma bobeada enorme do meia Guarín, do Porto.

Ele foi driblar no seu campo de defesa e, para não perder a bola, resolveu começar o jogo com a sua zaga. Errou e serviu Messi, que com um drible de corpo se livrou de Helton e abriu o marcador, aos 38min. Barcelona 1 a 0.

Na segunda etapa, o Porto voltou ainda mais agressivo. Pressionando mais a defesa espanhola. E com chances de empatar.

Ao Barcelona, restavam os contra-ataques. Em um deles, Pedro saiu na cara de Helton, mas patinou e permitiu que o goleiro brasileiro ficasse com a bola.

Nem as trocas promovidas pelos treinadores, enchendo o campo de atacantes, foi o suficiente para que a partida melhorasse o seu nível.

As duas equipes, visivelmente sem ritmo de jogo, acabaram a partida cansadas.

No fim, Messi mostrou porque é o melhor do mundo. Ele deu linda assistência para Fàbregas, que matou no peito e fuzilou Helton. 2 a 0 Barcelona, aos 42min. Mais uma taça garantida. Rotina para o Barcelona.      

veja também