MENU

Milan esquece queda na Copa Itália e exalta comemoração do Scudetto

Milan esquece queda na Copa Itália e exalta comemoração do Scudetto

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 10:52

Migliaccio comemora gol do Palermo contra o Milan (Foto: AP)

  A eliminação do Milan na Copa Itália, diante do Palermo nesta terça-feira, não desanimou os jogadores e a diretoria. A equipe rossonera, campeã italiana antecipada no fim de semana, preferiu manter o discurso de comemoração pelo título nacional. O presidente do clube, Massimiliano Allegri, não culpou os atletas pela derrota por 2 a 1, fora de casa.

- Não se pode culpar a equipe, os rapazes fizeram uma ótima partida, mas concluímos pouco. Tentamos até o fim, mas algumas situações não existem um favorito. No sábado, vamos comemorar em Milão, esperamos que seja uma bela festa e uma bela noite. É uma pena que não chegamos até a final, mas os meus jogadores fizeram um ótimo campeonato. Ganhamos um scudetto merecido e, por isso, a equipe merece uma bela festa - relatou ao site oficial do clube.

O experiente Andrea Pirlo que, segundo o jornal italiano "Corriere dello Sport", acertou com o Juventus para a próxima temporada, completou 400 jogos pelo clube. Ele mostrou a expectativa positiva para sábado, quando o time enfrenta o Cagliari, às 15h45m (de Brasília), e vai comemorar a conquista do Italiano .

- Estava com vontade de jogar, estou bem. Foi uma pena pelo resultado, queríamos chegar na final. Hoje para mim foram 400 jogos com essa camisa. Vamos comemorar o scudetto, vamos festejar com as famílias e os torcedores, porque merecemos. Sábado será uma grande festa - afirmou.

O lateral Ignazio Abate lamentou as chances perdidas.

- Fizemos um bom primeiro tempo, depois caímos um pouco pelo cansaço. No segundo tempo tivemos a bola do jogo nas mãos, mas não conseguimos marcar. O Palermo não tinha sido perigoso até então. Vimos um belo Milan pelo menos por 50 minutos. Sabíamos que íamos jogar num campo difícil. Colocamos o coração em campo por 95 minutos, e talvez se aquela bola na trave de Ibra tivesse sido gol, teríamos visto um outro jogo. Agora vamos comemorar o scudetto. Espero que sábado, no estádio, estejam muitos torcedores e muitas, muitas crianças - concluiu.      

veja também