MENU

Mineirinho brilha, vence com direito a combinação e se garante nas oitavas

Mineirinho brilha, vence com direito a combinação e se garante nas oitavas

Atualizado: Sexta-feira, 16 Julho de 2010 as 2:23

Adriano de Souza, o Mineirinho, teve de esperar até o fim da tarde (horário sul-africano) para entrar em ação nesta sexta-feira. Quando enfim encarou as direitas de Jeffreys Bay, conquistou, com direito a uma combinação - a "goleada no surfe" - a primeira vaga nas oitavas de final da quarta etapa do Circuito Mundial. Somou 16,67 pontos (em 20 possíveis), contra 9,27 do australiano Jay Thompson, surfista que, na bateria anterior, tinha tirado uma nota 10. O catarinense Neco Padaratz também segue na briga, ainda na terceira fase. O potiguar Jadson André, quarto do ranking, caiu repescagem, assim como o catarinense Marco Polo.

A primeira onda da bateria rendeu a Mineirinho 7,33. Com a segunda, a 20 minutos do fim, ganhou 7,77. Tranquilo na liderança, saiu da água e foi caminhando até o outro lado da praia, em vez de ir remando. Jay Thompson estava irreconhecível. Poucas horas antes, ele tinha conseguido uma nota 10 e totalizado 18,33 pontos para derrotar o compatriota Kieren Perrow.

Contra Mineirinho, com 2,03 e 0,2, não ameaçava. Precisava de uma combinação de 15,11 pontos para virar.

O australiano conseguiu sair da combinação ao trocar sua menor nota por um 5,50. Mineirinho, sentado no outside, não se arriscava. Só remaria em direção a uma onda que tivesse potencial. E foi o que fez a 2 minutos do fim. Pegou mais uma direita e tirou a maior nota da bateria - 8,90 -, aumentando a vantagem e selando o lugar nas oitavas.

O próximo adversário de Mineirinho será o australiano Adrian Buchan, que eliminou o surfista local Travis Logie.

Nas duas últimas baterias do dia, destaque para dois surfistas apontados como candidatos a campeões mundiais. O australiano Owen Wright somou 17,00 pontos para derrotar o compatriota Ben Dunn.

Jordy Smith fez a festa da torcida sul-africana ao somar 15,07 pontos e mandar o americano Nate Yeomans para casa.

Terceira fase:

1 Adriano de Souza BRA 16.67 x 9.27 Jay Thompson AUS

2 Adrian Buchan AUS 12.27 x 11.80 Travis Logie AFS

3 Owen Wright AUS 17.00 x 10.74 Ben Dunn AUS

4 Jordy Smith AFS 15.07 x 9.10 Nate Yeomans EUA

5 Bede Durbidge AUS x Tanner GudAUSkas EUA

6 Fredrick Patacchia HAV x Matt Wilkinson AUS

7 Luke Stedman AUS x Andy Irons HAV

8 Kelly Slater EUA x Sean Holmes AFS

9 Taj Burrow AUS x Joan Duru FRA

10 Tiago Pires POR x Kekoa Bacalso HAV

11 Dane Reynolds EUA x Neco Padaratz BRA

12 Michel Bourez TAH x Brett Simpson EUA

13 Mick Fanning AUS x Tim Reyes EUA

14 Damien Hobgood EUA x

15 Bobby Martinez EUA x Adam Melling AUS

16 Chris Davidson AUS x Dusty Payne HAV  

veja também