MENU

Mineiro chileno comemora resgate com a bandeira de 'La U'

Mineiro chileno comemora resgate com a bandeira de 'La U'

Atualizado: Quarta-feira, 13 Outubro de 2010 as 9:15

Jimmy Sánchez, o quinto mineiro resgatado na madrugada desta quarta-feira na mina de San José, no norte do Chile, comemorou a sua volta à superfície após mais de dois meses preso junto com 32 companheiros a 700 metros de profundidade com a bandeira do seu time do coração: o Universidad de Chile. O primeiro a abraçá-lo foi seu pai, que estava vestido com uma camisa vermelha do time. A paixão de Sánchez por "La U" lhe rendeu um presente: uma camisa autografada pelo artilheiro da equipe, o argentino Diego Rivarola, que se sensibilizou com a situação do agora famoso torcedor do clube, de apenas 19 anos.

Entre os mineiros soterrados está ainda o ex-jogador Franklin Lobos , que participou da classificação da seleção chilena para os Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984. A previsão é que Lobos seja o 27º mineiro a ser resgatado.

Além de Rivarola, outros esportistas famosos também enviaram mensagens de apoio e camisas de presente para os mineiros soterrados. Pelé , o atacante espanhol David Villa e o técnico da seleção chilena, o argentino Marcelo Bielsa , foram alguns deles.

Até as 6h30m desta quarta, sete mineiros já haviam sido resgatados. Cada um que chegava à superfície era recebido aos gritos que os torcedores chilenos costumam empurrar sua seleção nas partidas de futebol: "Chi-Chi-Chi, Le-Le-Le, Viva Chile!". O segundo deles, Mario Sepúlveda, chegou a puxar com fervor o coro junto a seus familiares, parentes e amigos de outros mineiros, socorristas e autoridades que estavam presentes no local.

veja também