MENU

Ministério da saúde do Fla adverte: pode curtir, mas tem que cumprir

Ministério da saúde do Fla adverte: pode curtir, mas tem que cumprir

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 10:07

O Ministério da saúde dos jogadores do Flamengo adverte: curtir a vida faz parte do jogo, desde que seja mantido o profissionalismo. Numa temporada em que os holofotes se voltam para o futebol, mas também para a vida particular de Ronaldinho Gaúcho, o elenco rubro-negro passou a ser vigiado por tabela. À exceção de dois atrasos a treinos que custaram uma multa e a barração de Diego Maurício no jogo com o Olaria no início de março, o grupo tem cumprido horários e determinações de Vanderlei Luxemburgo.

- A patrulha fica muito em cima do Gaúcho, isso é normal. Mas ele vem em todos os treinos, não falta. Está sempre aí, correndo, treinando, é disciplinado. O Flamengo faz festa fora de campo quando pode, mas todos estão aqui para trabalhar com seriedade - destacou Thiago Neves.

Depois, o jogador brincou sobre a duradoura comemoração de 31 anos de Ronaldinho:

- Se a festa foi até de manhã, eu não sei. Fui com minha esposa e não posso falar - disse, bem-humorado.

Ao contrário de Adriano, que preferia festas particulares na sua casa ou 'sumia' nas incursões à Vila Cruzeiro, Ronaldinho não se furta de curtir as noites cariocas, de boates às rodas de samba em diversos dias da semana. Ciente de que câmeras digitais e celulares que tiram fotos se multiplicam com sua aparição, o jogador não faz questão de se esconder. O camisa 10 não teve nenhum problema disciplinar desde que chegou ao clube, em janeiro. O Imperador, num período mais longo no clube, acumulou uma série de faltas com as mais diversas justificativas: visita ao dentista às 9h, problemas intestinais, aniversários de familiares, entre outras. Durante o Carnaval, a folia e o treino se misturaram. Os jogadores não desafinaram com Vanderlei Luxemburgo.

- É preciso separar as coisas. Tivemos o Carnaval, agora o aniversário do Ronaldinho. Quando temos treinos, trabalhamos; No tempo livre vamos às festas normalmente. Isso não tem atrapalhado, os resultados estão vindo com esse ritmo todo. Sabemos do compromisso no dia a dia e que precisamos trabalhar – afirmou David Braz, que esteve na festa de Ronaldinho. O próprio Vanderlei não tem maiores restrições em ocasiões especiais como Carnaval e outras festividades. O técnico, porém, não admite que a vida fora de campo traga prejuízos para dentro das quatro linhas.

- Quando saímos, é preciso olhar no relógio e procurar dormir sete, oito horas. Cuidar da alimentação também é muito importante. A amizade dentro do grupo, as pessoas indo à festa do Ronaldinho, tudo isso ajuda no ambiente – ressaltou o zagueiro rubro-negro.

Segundo David Braz, um possível deslize de Ronaldinho seria até bem administrado.

- Se um dia acontecer de ele faltar ao treino, vamos conversar e não deixar a situação atrapalhar.      

veja também