MENU

Minotouro defende silêncio de Anderson Silva sobre Chael Sonnen

Minotouro defende silêncio de Anderson Silva sobre Chael Sonnen

Atualizado: Terça-feira, 11 Outubro de 2011 as 2:50

Minotouro (à dir.) ao lado de Minotauro e Spider: para

ele, Anderson fez bem ao não reagir (Foto: Luna Vale)

  O lutador Rogério "Minotouro" Nogueira, companheiro de equipe de Anderson Silva na Team Nogueira, apoiou o silêncio do amigo frente às provocações de Chael Sonnen no UFC 136 , quando o americano derrotou o compatriota Brian Stann e desafiou o rival publicamente a enfrentá-lo. Apesar de admitir a vontade de ver o "Spider" calar a boca do desafeto no octógono, Minotouro advertiu que o falastrão Sonnen já recebe mais atenção do que merece.

- O Sonnen fica provocando porque ele quer ganhar "ibope" e se fazer em cima do Anderson, que é o maior lutador de todos os tempos. O cara tem talento, ganhou de caras bons, mas não tem essa bola toda. O Anderson fez certo em não subir no ringue. Tem que deixar ele falar um pouco sozinho - explicou Rogério, em sua academia na Zona Oeste do Rio de Janeiro.     Minotouro e seu irmão Rodrigo Minotauro são dois dos alvos mais frequentes dos ataques de Sonnen, que já chegou a inventar uma história de que ambos teriam confundido um ônibus com um cavalo em sua primeira visita aos EUA. O americano, porém, teve de se calar em agosto do ano passado, quando, após dominar Anderson Silva por quatro rounds e meio, se viu imobilizado por um triângulo do brasileiro e foi forçado a bater, no que foi considerado por muitos a luta do ano. Na mesma noite, Sonnen foi pego no exame antidoping e foi suspenso, ao mesmo tempo que enfrentava investigações por lavagem de dinheiro e fraude em seu trabalho como agente imobiliário.

A suspensão do americano terminou recentemente e ele logo voltou aos ataques a qualquer lutador ligado à Black House, academia americana associada à Team Nogueira, e especificamente a Anderson Silva. Logo após derrotar Stann com uma finalização no último sábado, Sonnen aproveitou o microfone aberto do repórter Joe Rogan, do UFC, para insultar Anderson e propor uma revanche no fim de semana do Super Bowl, final da liga de futebol americano dos EUA, em 5 de fevereiro de 2012.

O americano foi ainda mais longe e propôs que, caso fosse derrotado novamente, deixaria o UFC. Para Minotouro, Sonnen vai se arrepender do desafio.

- O Anderson tem que subir e acabar com a marra dele, já ganhou uma vez e nem lutou tão bem, estava com uma lesão nas costelas. O Anderson com certeza vai aposentá-lo no Super Bowl. Já tem até data marcada! - riu o lutador, que enfrenta Tito Ortiz no UFC 140, em 10 de dezembro, em Toronto, no Canadá.          

veja também