MENU

Miranda e Bosco deixam o Tricolor e serão homenageados pela diretoria

Miranda e Bosco deixam o Tricolor e serão homenageados pela diretoria

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 1:04

A partida desta quarta-feira, contra o Botafogo, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, vale muito para o São Paulo, que busca a reabilitação para manter a liderança isolada da competição. Porém, antes de a bola rolar no Morumbi, a partir das 21h50m, dois dos jogadores mais antigos do elenco irão se despedir do Tricolor: o zagueiro Miranda e o goleiro Bosco, que terão seus contratos encerrados. Eles serão homenageados pela diretoria. Ambos ganharão uma placa personalizada para agradecer os bons serviços prestados.     Miranda e Bosco vão se despedir do Tricolor na noite desta quarta  (Montagem sobre fotos da VIPCOMM)     Bosco tem mais tempo de casa. Chegou ao clube no meio do ano de 2005 para ser o substituto de Roger, que deixou o Morumbi por não aguentar mais ficar na reserva de Rogério Ceni. No total, disputou 43 partidas. O seu vínculo se encerraria em dezembro de 2010. Porém, no final do ano passado, o jogador sofreu uma lesão de ligamento cruzado no joelho esquerdo e o clube prorrogou o contrato para que ele pudesse usar o Reffis para fazer sua recuperação. Ele usava a camisa 22 e, aos 36 anos, ainda não decidiu se vai parar de jogar.

Já Miranda foi contratado por empréstimo junto ao Sochaux (FRA) para ser o substituto de Diego Lugano, que deixou o clube após a Taça Libertadores de 2006. O camisa 5 demorou um certo tempo para emplacar no time comandado na época por Muricy Ramalho mas, quando entrou, não saiu mais. Dono de uma técnica apurada e uma velocidade incrível na recuperação de bola, logo passou a ser convocado para a Seleção Brasileira. Ele era o segundo atleta do elenco com partidas disputadas (260), atrás apenas de Rogério Ceni, que contra o Corinthians, disputou sua 982ª partida.

Bosco foi campeão mundial em 2005 e fez parte do elenco que conquistou o tricampeonato brasileiro entre 2006 e 2008. Já Miranda esteve no time que levantou o caneco dos três nacionais. A vaga do zagueiro deverá ser preenchida pelo zagueiro uruguaio Coates, que tem negociação avançada com o Tricolor. Para o gol, a tendência é que Léo seja promovido a terceiro goleiro, atrás de Denis.        

veja também