MENU

Mistão corintiano é esperança do Náutico contra degola

Mistão corintiano é esperança do Náutico contra degola

Atualizado: Sábado, 21 Novembro de 2009 as 12

 

Felipe, Alessandro, Chicão, William e Balbuena; Marcelo Mattos, Marcelo Oliveira, Jucilei e Defederico; Dentinho. O que poderia ser a escalação quase completa do técnico Mano Menezes para o jogo deste sábado (21), às 19h30 (de Brasília), no Pacaembu, diante do Náutico, é, na verdade, a lista de desfalques do gaúcho para o compromisso contra os pernambucanos, válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Por conta de lesões, suspensões, ou, simplesmente, por opção pessoal, como no caso do goleiro Felipe, que ganhou folga para retornar à meta contra o Flamengo, o Timão terá uma formação completamente nova no duelo contra o Timbu, vice-lanterna da competição e desesperado por uma vitória para manter a esperança de permanecer na elite nacional em 2010.

As caras novas poderão começar a ser vistas pela Fiel já no gol. Rafael Santos, que na temporada já atuou diante de Internacional e Barueri, foi o escolhido por Mano para ocupar a função, com o jovem Danilo ficando no banco de reservas em substituição a Júlio César, outro que ganhou descanso do treinador. A escolha foi justificada pelo técnico.

-Tínhamos uma ideia discutida junto com o preparador de goleiros, o Mauri, de dar uma oportunidade para o Rafael em casa, pois há uma pressão diferente e precisamos preparar o goleiro para evoluir.

A lateral direita alvinegra será ocupada por um estreante na função: o meia-atacante Marcelinho. Em sua primeira partida na posição, o jogador espera retribuir a confiança do treinador e iniciar uma trajetória que já foi percorrida por um outro ex-meio-campista: Cafu.

-Se for para ser igual ao Cafu, começo agora. O professor (Mano Menezes) falou para mim que eu darei um belo lateral direito. É só ir jogando. Sei que não é minha posição de origem, mas vou procurar aproveitar ao máximo as chances.

Ainda no setor defensivo, que terá as presenças de Paulo André e Diego formando a dupla de zaga, Escudero, após sete meses entregue ao departamento médico, completará a formação. E não escondeu sua ansiedade para disputar seu sétimo jogo pelo Timão.

-Estou um pouco ansioso por voltar depois de tanto tempo. Não é fácil, mas vou tratar de ficar com a cabeça tranquila e corresponder, que é o mais importante.

As mudanças do Corinthians continuam no meio-campo e no ataque. Boquita, Edu, Elias e Edno formam o setor responsável pela marcação e criação das jogadas ofensivas, que não terá Marcelo Mattos, Marcelo Oliveira, Jucilei (machucados) e Defederico (suspenso). Na frente, Ronaldo volta a ter a companhia do baixinho Jorge Henrique, já que Dentinho, lesionado, foi vetado pelo departamento médico.

Seis pontos distante do primeiro time fora da zona de degola - Botafogo, com 41 pontos -, o Náutico será rebaixado neste final de semana se não bater o Corinthians no Pacaembu ou se o time carioca não for derrotado pelo São Paulo no Engenhão.

Apesar das chances remotas de não fazer companhia ao Sport na Série B em 2010, o técnico Geninho segue acreditando no &milagre& contra a queda.

-Está tudo embolado e nós acreditamos. Enquanto houver chances matemáticas, e elas existem, vamos lutar.

O treinador não poderá contar com o zagueiro Cláudio Luiz e com o meia Irênio, ambos suspensos. Com isso, a defesa será formada por Márcio e Asprilla. Novidade no time, Márcio garantiu que entrará em campo respeitando os corintianos - sobretudo Ronaldo -, mas sem medo do Fenômeno.

-Temos que ter respeito pelo time deles, mas respeitar não quer dizer ter medo. Precisamos ir pra cima deles com qualidade, para que a gente possa voltar para Recife com a vitória, que é o que precisamos nestes três jogos finais. Não podemos mais vacilar e estamos trabalhando para isso.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS X NÁUTICO

Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: sábado, 21 de novembro de 2009

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG)

Assistentes: Celso Luis da Silva e Marcos Vinícius Gomes, ambos mineiros

CORINTHIANS: Rafael Santos; Marcelinho, Diego, Paulo André e Escudero; Boquita, Elias, Edu e Edno; Ronaldo e Jorge Henrique

Técnico: Mano Menezes

NÁUTICO: Gledson, Patrick, Marcio, Asprilla e Anderson Santana; Rudnei, Nilson, Juliano e Ailton; Carlinhos Bala e Bruno Mineiro

Técnico: Geninho   fonte:  Gazeta Press

veja também