MENU

Montezemolo volta a falar em racha e critica gestão da F-1: 'Uma prisão'

Montezemolo volta a falar em racha e critica gestão da F-1: 'Uma prisão'

Atualizado: Sexta-feira, 17 Dezembro de 2010 as 11:26

A insatisfação com o atual modelo de gestão da Fórmula 1 não é de agora. Luca di Montezemolo, no entanto, voltou a atacar o formato da categoria. O presidente da Ferrari, que, em 2009, liderou o grupo de sete equipes na ameaça de abandonar a disputa, afirmou que os times estão em uma “prisão”.

- Nós estamos em uma encruzilhada. Temos a Fórmula 1 em nossos corações e mentes, mas não queremos estar em uma prisão.

O dirigente reclama da pouca participação das equipes nos contratos comerciais, principalmente nos de direito de imagem, e nas decisões sobre o futuro da categoria. Em entrevista ao jornal inglês “Daily Telegraph”, Montezemolo afirma enxergar três cenários para a Fórmula 1: seguir com Bernie Ecclestone no controle comercial através de sua empresa; encontrar novos donos, mas com o mesmo modelo de gestão; ou, o mais radical, fundar um campeonato gerenciado pelas equipes, “como na NBA”.

Embora faça críticas a Ecclestone, Montezemolo afirma que o dirigente terá um papel essencial caso o modelo seja mantido. Ainda assim, diz que há outros meios de se seguir em frente.

- Para mim, a presença de Bernie é uma prioridade. Nós precisamos de pessoas com credibilidade, personalidade e experiência. Mas, no fim, nós sempre podemos encontrar um promotor diferente. No fim do dia, esse negócio não é tão complicado.

O contrato comercial com a empresa de Ecclestone termina em 2012. A partir daí, a categoria poderá seguir um novo caminho.

veja também