MENU

Morumbi está praticamente fora da Copa do Mundo de 2014

Morumbi está praticamente fora da Copa do Mundo de 2014

Atualizado: Quinta-feira, 10 Junho de 2010 as 9:49

Nem jogo, muito menos abertura. O estádio do Morumbi está praticamente fora da Copa do Mundo de 2014. Se na próxima segunda-feira, dia 14 de junho, não for apresentada a viabilidade financeira para o projeto aprovado pela Fifa, o Comitê Organizador Local não irá mais aceitar pedidos de maior prazo ou mudanças.

- São Paulo tem de apresentar até o próximo dia 14 de junho a viabilidade do quinto projeto apresentado, aquele que foi aprovado pela Fifa. Se isso não acontecer, o Comitê Organizador Local vai enviar aos representantes de São Paulo a nossa decisão - explicou Rodrigo Paiva, diretor de comunicação da CBF.

O assunto Morumbi voltou a entrar na pauta da CBF nesta quarta-feira depois que a Folha de S.Paulo publicou matéria dizendo que a intenção de São Paulo é abrir mão da abertura da Copa do Mundo e buscar a aprovação de um projeto mais barato, de um estádio sem as exigências solicitadas para o jogo inaugural.

Como o comitê paulista já teve quatro outros projetos reprovados pela entidade máxima do futebol mundial, o Comitê Organizador Local (LOC) acredita que o Morumbi já teve todas as suas chances e que não há mais tempo, levando em consideração que o Brasil tem recebido críticas da Fifa por conta do atraso.

Há a possibilidade de um plano B, que seria a construção de um novo estádio na capital paulista. Só que nesse caso o projeto já teria de ser enviado com a viabilidade financeira. Mas sendo assim o São Paulo não poderia tentar uma nova cartada? Não. Justamente por a relação com o LOC estar desgastada.

O principal problema para o Morumbi é justamente o financiamento. Embora o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) tenha disponibilizado R$ 400 milhões para cada estádio, o São Paulo Futebol Clube não conseguiu apresentar as garantias necessárias para receber o recurso.

Esse mesmo problema atinge os outros dois estádios privados que pretendem receber a Copa do Mundo de 2014: Arena da Baixada, em Curitiba, e Beira-Rio, em Porto Alegre. Todas as outras nove sedes terão estádios bancados pelo estado.

Em nota oficial, o Comitê Paulista disse que na próxima segunda-feira vai enviar novo projeto de requalificação do Morumbi. Mas ele não deve ser aceito.

São Paulo diz estar garantido na Copa, mesmo sem abertura

Em contato com a reportagem do GLOBOESPORTE.COM, o diretor de marketing do São Paulo, Adalberto Baptista, garantiu que o Morumbi será uma das sedes, mesmo que não receba a abertura da competição.

- Não corre risco algum (de ficar fora), até porque a Fifa já homologou nosso estádio como apto para receber até as oitavas de final da competição. Não vejo qualquer possibilidade de o Morumbi ficar fora - afirmou o dirigente.

Ele não se mostra preocupado quanto às garantias exigidas para receber o financiamento do BNDES. Baptista confirma que o estádio passará por uma reforma mais modesta que a prevista, o que deixará o Morumbi com capacidade para 62 mil pessoas.

- Nosso projeto é de um estádio para 62 mil pessoas. A Fifa fez algumas objeções, então no dia 14 vamos apresentar esse novo projeto e espero que passe. Se não passar, receberemos os jogos até as oitavas. Não será o projeto de R$ 630 milhões (que exigiria garantias para receber a abertura), mas um aproximadamente na metade desses valores - explicou Adalberto Baptista.

Postado por: Cristiano Bitencourt

veja também